MENU

TIM ultrapassa Claro e assume 2º lugar em celulares

TIM ultrapassa Claro e assume 2º lugar em celulares

Atualizado: Quarta-feira, 24 Agosto de 2011 as 11:44

A TIM ultrapassou a Claro no mês passado, para tornar-se a segunda maior operadora de telefonia celular do País. A participação da empresa chegou a 25,78%, comparada a 25,51% da concorrente. A diferença entre as duas companhias ficou em 609 mil clientes, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A Vivo manteve-se em primeiro lugar, com 29,58%, e a Oi, em quarto, com 18,85% A Claro divulgou um comunicado, comentando a perda da vice-liderança: "A Claro continuará competitiva e agressiva nas suas promoções e acha muito importante a posição no market share. No entanto, acima disso entende que a tarefa prioritária é manter a qualidade de rede e de seus serviços. São os dois fundamentos que garantem um crescimento sustentável".

Com a mudança no ranking, a TIM retoma a posição que manteve até setembro de 2008, quando perdeu o segundo lugar para a concorrente Claro. "Em receita, estamos em segundo lugar há muito tempo", disse Lorenzo Lindner, diretor comercial da TIM Brasil.

O crescimento é resultado da agressividade de planos como Liberty e Infinity, que também fizeram com que a empresa se tornasse a primeira em longa distância, com uma participação de cerca de 40%. "Mudamos o conceito de comunidade, permitindo que nossos clientes pudessem ligar para todo o Brasil", disse Lindner. Os planos da empresa igualaram os preços da longa distância nacional às chamadas locais.

Estratégia

Esse movimento fez com que a base de clientes da operadora falasse mais. O total médio de minutos por mês dos clientes da TIM passou de 73 para 125 em dois anos, segundo o diretor da companhia. "Levando-se em conta o aumento da base, nosso tráfego mais do que dobrou no período", destacou Lindner.

Para o executivo, o crescimento da empresa reflete a migração do cliente de telefonia fixa para a telefonia móvel. "As outras três grandes operadoras (Telefônica, Claro e Oi) não têm motivos para estimular a migração, já que são integradas", disse Lindner. "Nós não temos nada a perder".

Qualidade

A resposta da Claro trouxe implícita uma crítica à qualidade dos serviços da TIM. Com o crescimento acelerado, viu as reclamações dispararem. No segundo trimestre, a central de atendimento da Anatel recebeu 0,429 reclamação por mil assinantes contra a TIM. A empresa foi a mais reclamada na agência. A Oi, que ficou em segundo lugar, teve 0,359 reclamação, e a Claro, a terceira, 0,314. O diretor da TIM, no entanto, afirmou que a empresa tem investido em qualidade.  

veja também