MENU

Tribunal sueco concede ao Saab proteção de lei de falência

Tribunal sueco concede ao Saab proteção de lei de falência

Atualizado: Quarta-feira, 21 Setembro de 2011 as 9:53

O construtor automotivo Saab obteve nesta quarta-feira, em instância de apelação, a proteção de lei de falência, informou o tribunal sueco de apelações de Vanersborg, que lhe concedeu um procedimento de reorganização voluntária.

"O tribunal de apelações reverte a decisão do tribunal (de primeira instância) e permite ao Saab (...) a reorganização", segundo a decisão.

Esta decisão permitirá aos 3.700 funcionários do Saab poder cobrar seus salários.

No dia 8 de setembro, um tribunal sueco recusou-se a conceder ao Saab a proteção contra a quebra, solicitada pela matriz do construtor automotivo sueco, Swedish Automobile.

Aquele tribunal alegou que "não há razões suficientes para pensar que uma reestruturação da empresa funcionaria".

Saab, afundado por dívidas que o obrigaram a suspender sua produção em junho, participou da lei de falência.

No início de 2010, a empresa foi salva da bancarrota pela Swedish Automobile, que então tinha o nome de Spyker e que comprou o fabricante sueco, já em grande dificuldade, do gigante americano General Motors.

Diante da falta de liquidez pela queda das vendas, o Saab deixou de pagar seus fornecedores e eles deixaram de entregar produtos à empresa em abril.  

veja também