MENU

Trichet quer Ministério das Finanças para a zona do euro

Trichet quer Ministério das Finanças para a zona do euro

Atualizado: Quinta-feira, 2 Junho de 2011 as 10:04

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, sugeriu a criação de um Ministério das Finanças para a zona do euro e uma intervenção fiscal mais rígida nos 17 países que utilizam o euro como moeda. Trichet propôs uma série de mudanças para melhorar o bloco diante da crise de dívida que prejudica vários membros da periferia da região.   Segundo ele, se um país que tiver recebido ajuda não estiver cumprindo seu programa de ajuste fiscal, "um segundo estágio" deveria ser exigido. Este estágio envolveria "dar as autoridades da zona do euro um poder de intervenção mais profundo na formação das políticas econômicas do país, se estas entrarem em rota prejudicial de desvio".   Trichet afirma que as autoridades da zona do euro deveriam ter "o direito de vetar algumas decisões nacionais de política econômica" dentro de tal regime. Em particular, um veto poderia ser aplicado para "itens amplos de gasto fiscal e elementos essenciais para a competitividade do país".   "Nessa união de amanhã, seria muito ousado, no campo econômico, pensar em um Ministério das Finanças para a união?", questionou Trichet. Tal ministério não teria necessariamente um orçamento federal grande, mas estaria envolvido na supervisão e na determinação de vetos e representaria a zona do euro em instituições financeiras internacionais.      

veja também