MENU

Usina de álcool é inaugurada em Uruaçu (GO)

Usina de álcool é inaugurada em Uruaçu (GO)

Atualizado: Quinta-feira, 13 Novembro de 2008 as 12

Usina de álcool é inaugurada em Uruaçu (GO)

Inaugurada pela Global Combustíveis, em parceria com dois empreendedores do município, a usina Uruaçu Açúcar e Álcool Ltda. é uma unidade de produção de açucar, álcool e co-geraçãod de energia. Localizada a 270 km de Brasília, tem em torno de três mil e trezentos hectares de cana plantados e deverá processar até dezembro cerca de 100 mil toneladas, o equivalente a nove milhões de litros de etanol.

Essa produção já alcança os estados de Tocantins, Goiás, Bahia e Distrito Federal. "Nosso objetivo é chegar aos 12 mil hectares plantados, que é quando vamos atingir um milhão de toneladas - a capacidade de moagem total instalada na indústria. Este ano, 100 mil, em torno de 350 mil no próximo ano, 550 a 600 mil em 2010 e finalmente em 2011 vamos chegar a 1 milhão de toneladas processadas por safra", prevê o presidente da Global Combustíveis, Ricardo Menezes.

 Nesta primeira fase apenas álcool será produzido pela usina, que está sendo distribuído exclusivamente pela Global para seus clientes, mas a expectativa é que com o crescimento gradativo da escala à venda possa ser feita também para terceiros. "Nós acabamos de entrar em operação. Iniciamos o plantio no ano passado, e em março começamos a reforma da usina, que estava há mais de 20 anos desativada. Os ajustes duraram seis meses e em outubro começamos a funcionar", descreve Ricardo.

Crescimento do setor

 Segundo Ricardo Menezes, o momento econômico não é o melhor, mas a usina é um investimento de risco extremamente baixo. O crescimento do consumo do álcool é contínuo, sinal de um horizonte promissor. "Hoje se você somar o álcool hidratado, que é o combustível das bombas com o álcool anidro, que é o combustível misturado à gasolina, verá que seu volume é muito maior que a gasolina. E não é só isso. Cada vez mais a frota nacional de automóveis é composta por veículos flex, portanto o poder de decisão do consumidor não está mais na compra do carro, e sim no abastecimento, o que gera automaticamente um equilíbrio da participação dos produtos no mercado", finaliza.

veja também