MENU

Varejo brasileiro inicia período de liquidações

Varejo brasileiro inicia período de liquidações

Atualizado: Terça-feira, 4 Janeiro de 2011 as 10:08

Logo após o melhor Natal da década para o comércio, grandes redes varejistas começaram o ano com uma guerra de liquidações. Além de descontos que chegam a 80% sobre o preço de etiqueta de eletrodomésticos, eletroeletrônicos, móveis e artigos de vestuário, entre outros, são oferecidas facilidades de pagamentos, como o parcelamento em até 18 meses sem juros no cartão, com a entrada só em março.

Os chamados saldões de Natal viraram tradição nos meses de janeiro, período em que normalmente os lojistas renovam seus estoques e dão cabo das mercadorias que não foram vendidas nas festas de fim de ano. Nos últimos anos, contudo, a motivação tem sido outra. Diante de resultados favoráveis do varejo em dezembro e dos estoques enxutos nas lojas, as liquidações passaram a fazer parte das estratégias para o comércio impulsionar as vendas em janeiro, que até pouco tempo atrás era considerado o pior mês do ano para as lojas.

Para o consumidor que voltou às lojas para trocar algum presente ou deixou para ir às compras depois do Natal, pode ser uma boa oportunidade aproveitar os descontos. As lojas Extra, por exemplo, oferecem TVs de 42 polegadas, que custavam R$ 2.100, por R$ 1.599. As ofertas vão até o dia 9 e incluem outros eletroeletrônicos.

No Carrefour, a campanha começou ontem, com oferta de descontos de até 80% em diversos produtos nos setores de bazar, eletro e têxtil. A rede espera um incremento nas vendas de 50% nas categorias ofertadas. No Walmart, o saldão vai até o dia 5 de janeiro e inclui produtos eletroeletrônicos, eletrodomésticos e de informática com descontos de até 70%.

A Casas Bahia também iniciou ontem a primeira grande liquidação do ano. Todas as linhas de produtos são oferecidas com descontos variáveis até 70%. A campanha, válida para todas as lojas nos mercados em que a rede atua, seguirá enquanto durarem os estoques. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

veja também