MENU

Venda de imóveis no país despenca no 1º semestre

Venda de imóveis no país despenca no 1º semestre

Atualizado: Sábado, 13 Agosto de 2011 as 10:50

Algumas das maiores construtoras do país venderam menos imóveis novos no primeiro semestre deste ano que no mesmo período de 2010, informa reportagem de   Carolina Matos para a   Folha .

É o que mostram os balanços das empresas divulgados nesta semana.

A Rossi foi a que teve o maior percentual de redução (26%), seguida por Gafisa (22,1%), Cyrela (10,6%) e MRV (0,6%). A Tecnisa não informou os dados referentes a número de unidades.

Ontem, as ações da Rossi, Gafisa e Cyrela lideraram as baixas do Ibovespa, o principal índice da Bolsa do país.

Por causa da valorização imobiliária dos últimos 12 meses --que fez o preço do m² novo em bairros como Perdizes, zona oeste de SP, saltar 65%--, essa queda de unidades comercializadas não representou, para as companhias, redução do valor das vendas contratadas.

Mas é sinal de que a explosão imobiliária perdeu ritmo.

Reportagem da   Folha   mostrou, em julho, a   diminuição da velocidade de venda   de lançamentos residenciais em estandes montados em diversos bairros.

Agora, o número menor de negociações aparece nos resultados financeiros das construtoras.    

veja também