MENU

Vendas crescem e inadimplência cai em janeiro em SP, segundo associação

Vendas crescem e inadimplência cai em janeiro em SP, segundo associação

Atualizado: Quarta-feira, 3 Fevereiro de 2010 as 12

As vendas no varejo de São Paulo registraram crescimento em janeiro, segundo indicadores da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Na comparação com janeiro de 2009, o número de consultas diárias ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) no mês passado, indicativo das vendas a prazo, cresceu 4,6%. No caso das vendas à vista, o crescimento foi maior, de 7,9%. Na avaliação do economista da ACSP Emílio Alfieri, a alta nas vendas deve-se à base fraca de comparação. "Não tem como ser pior do que 2009."

Para o economista, o crescimento nas vendas poderia ter sido maior se não fosse pelas chuvas que não deram trégua em São Paulo no mês de janeiro. Alfieri destacou que as liquidações de janeiro, que costumam impulsionar as vendas no início do ano, não colaboraram tanto desta vez. Ele explicou que em 2009, por conta do crédito mais restrito, sobrou muita mercadoria para liquidar, o que não aconteceu este ano.

Inadimplência

O consumidor paulistano começou o ano preocupado em quitar suas dívidas. Em janeiro, o número de carnês pagos ou renegociados apresentou alta de 7,6% em relação ao mesmo mês do ano passado. Já a parcela de carnês atrasados caiu 3,4% na mesma base de comparação. Para Alfieri, a recuperação do emprego e o alongamento dos prazos no crediário têm facilitado as renegociações das dívidas.

Na pesquisa mensal do comércio, a ACSP levou em conta as vendas de 26 mil lojas na capital paulista. Os dados são ajustados de acordo com a média diária, pois em 2010 janeiro teve um dia útil a menos.

veja também