MENU

Duplo atentado suicida mata ao menos 17 no Iraque

Duplo atentado suicida mata ao menos 17 no Iraque

Atualizado: Segunda-feira, 27 Dezembro de 2010 as 12:05

Um duplo atentado suicida contra um complexo de prédios governamentais causou a morte de pelo menos 17 pessoas nesta segunda-feira (27) na cidade de Ramadi, no oeste do Iraque, segundo a polícia.

Um médico de um hospital de Ramadi, que também não quis identificar-se, afirmou que pelo menos 14 pessoas foram mortas e 52, feridas. 'Alguns dos feridos estão em situação grave. Veículos de socorro continuam trazendo vítimas', acrescentou.

Cratera aberta por uma das explosões nesta segunda-feira (27) na cidade iraquiana de Ramadi. (Foto: AP)

Segundo o governador da província de Anbar, Qassim Mohammed, os ataques mataram sete e feriram 28. Ele afirmou que a primeira explosão ocorreu quando um microônibus explodiu do lado de fora do complexo. A segunda foi causada por um agressor suicida que seguia a pé, disfarçado de policial, disse ele.

O complexo abriga o conselho da província, bem como a sede da polícia de Anbar.

O vice-governador de Anbar, Hikmet Khalaf, atribuiu o ataque ao braço iraquiano da rede terrorista da al-Qaeda.

'A meta da al-Qaeda é clara: atacar a segurança da província. Este não é o primeiro ataque contra os edifícios do governo. Os agressores escolheram um movimentado cruzamento em Ramadi para matar um grande número de civis que se dirigia aos prédios do governo', disse ele à Reuters.

Embora no geral a violência tenha diminuído no Iraque em relação ao pico de 2006-2007, diariamente ocorrem ataques e atentados. No mesmo complexo, em Ramadi, um suicida matou 13 pessoas e feriu dezenas em 12 de dezembro.

A província de Anbar foi o centro da insurgência dos muçulmanos sunitas contra a invasão liderada pelos Estados Unidos em 2003. A cidade de Ramadi fica a cem quilômetros de Bagdá.

veja também