MENU

Governo do DF encerra inscrição para 6,5 mil vagas de professores

Governo do DF encerra inscrição para 6,5 mil vagas de professores

Atualizado: Quarta-feira, 22 Dezembro de 2010 as 2:40

A Secretaria de Educação do Distrito Federal encerra nesta quarta-feira (22) as inscrições para 6,5 mil vagas em cadastro de reserva de professores substitutos temporários – 20% das vagas são para portadores de deficiência. A remuneração é fixada em horas-aula – o salário pode chegar a R$ 3 mil (veja aqui o edital).   O candidato optará por uma das seguintes áreas de atuação: área 1 (para atuação junto aos anos finais do ensino fundamental, ensino médio, educação profissional e 2º e 3º segmentos da educação de jovens e adultos; ou área 2 (para atuação junto à educação infantil, anos iniciais do ensino fundamental e 1º segmento da educação de jovens e adultos).

O exercício da docência será feito nas unidades de ensino da rede pública do Distrito Federal e em suas conveniadas.

Para a área 1 o candidato deve ter nível superior de licenciatura plena na área ou bacharelado/tecnólogo e histórico escolar comprovando que tenha cursado o componente curricular em, no mínimo, três semestres.

Para a área 2, o candidato deve ter curso de graduação de nível superior em pedagogia com

habilitação em séries iniciais e ou para educação infantil, ou de curso de licenciatura plena em pedagogia, curso de licenciatura plena em normal superior, ou diploma, certificado ou declaração de conclusão de curso de magistério.

As inscrições poderão ser feitas pelo site www.iades.com.br ou, das 10h às 16h, na Central de Atendimento ao Candidato do Instituto Americano de Desenvolvimento, localizada nas instalações do Polo de Apoio Presencial da Universidade Metodista de São Paulo, situado no SCS Quadra 8, Bloco B-60, 4º andar, Shopping Venâncio 2000, Asa Sul, Brasília/DF. A taxa é de R$ 40.

A seleção terá prova objetiva, avaliação de títulos e de experiência profissional; e comprovação de requisitos. A prova objetiva será aplicada no dia 16 de janeiro de 2011.    

veja também