MENU

Governo do ES abre seleção para 138 vagas de agente penitenciário

Governo do ES abre seleção para 138 vagas de agente penitenciário

Atualizado: Quinta-feira, 17 Novembro de 2011 as 1:19

A Secretaria de Estado da Justiça do Espírito Santo abriu processo seletivo simplificado para 138 vagas e formação de cadastro de reserva para agente penitenciário de designação temporária nas unidades prisionais no Espírito Santo. O salário é de R$ 2.063,83. O candidato deve ter nível médio ou profissionalizante. O prazo de contratação é de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período. As inscrições devem ser feitas de 18 a 22 de novembro no site www.sejus.es.gov.br , no link do processo seletivo simplificado nº 04/2011.

O processo seletivo será realizado em 3 etapas.

A etapa 1 consiste no preenchimento correto da ficha eletrônica de inscrição, ocasião em que o candidato irá informar seus dados pessoais, que serão utilizados na investigação social, e informar à Comissão de Seleção sua qualificação profissional, com as quais, o próprio sistema informatizado irá calcular sua posição na lista de classificação. A pontuação será atribuída ao candidato em função da qualificação profissional, a ser comprovada por meio de posterior apresentação da respectiva documentação.

A nota do candidato será o somatório dos pontos obtidos em relação à sua qualificação profissional. Os candidatos que não pontuarem não serão classificados, nem terão seus nomes divulgados na lista de classificados.

A etapa 2 consiste na investigação social com base nas informações prestadas por ocasião da fase de inscrição, que será realizada apenas em relação aos candidatos convocados. A não aprovação na investigação social implicará na exclusão do candidato do processo seletivo e de sua permanência no cadastro reserva.

A etapa 3, de caráter eliminatório, consiste na confirmação e análise da documentação comprobatória das informações relativas a todas as informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição, apenas em relação aos candidatos classificados dentro do número de vagas.

Os candidatos que firmarem o contrato de prestação de serviços farão curso de formação na Escola Penitenciária – Epen, oferecido pela Secretaria de Estado da Justiça.          

veja também