MENU

Inmetro divulga resultado final da prova objetiva para 253 vagas

Inmetro divulga resultado final da prova objetiva para 253 vagas

Atualizado: Sexta-feira, 14 Janeiro de 2011 as 11:27

O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) divulgou nesta sexta-feira (14) o resultado final das provas objetivas para todos os cargos, o resultado provisório da prova dissertativa para cargos de nível superior e convocação para a avaliação de títulos somente para os cargos de nível médio - clique aqui para ver o resultado. O concurso teve 15.492 inscritos para 253 vagas - 164 de nível superior e 89 de nível médio. Os salários vão de R$ 1.678,28 a R$ 7.563,01 ( veja aqui o edital ).

Os candidatos para os cargos de nível médio convocados para a avaliação de títulos e

experiência profissional poderão entregar os documentos nos dias 19 a 21 de janeiro, das 9h às 18h.

Os candidatos para os cargos de nível superior poderão ter acesso às provas discursivas avaliadas e aos espelhos de avaliação, bem como interpor recurso contra o resultado provisório nas provas discursivas, das 9hdo dia 15 de janeiro às 18h do dia 16 de janeiro de 2011, no site http://www.cespe.unb.br/concursos/inmetro2010 , por meio do Sistema Eletrônico de

Interposição de Recurso.

O resultado final nas provas discursivas e a convocação para avaliação de títulos para os cargos

de nível superior serão publicados no Diário Oficial da União e divulgados no site

http://www.cespe.unb.br/concursos/inmetro2010 , na data provável de 25 de

janeiro.

Já o resultado provisório na avaliação de títulos e experiência profissional dos candidatos para os cargos de nível médio será publicado no Diário Oficial da União e divulgado no site http://www.cespe.unb.br/concursos/inmetro2010, na data provável de 14 de fevereiro.

Cargos

Os cargos de nível superior são de analista executivo e pesquisador tecnologista, cujo requisito para a inscrição é diploma de instituição universitária reconhecida pelo MEC, de acordo com as áreas específicas do concurso.

O salário de analista executivo varia de R$ 5.964,34 a 7.563,01; de pesquisador-tecnologista, de R$ 5.964,34 a 7.563,01. Já o de assistente executivo em metrologia e qualidade varia de R$ 1.678,28 a 2.900,51; e o de técnico em metrologia e qualidade, de R$ 1.678,28 a 2.900,51.

Para os cargos de assistente executivo e técnico em metrologia e qualidade os requisitos são, respectivamente, diploma de conclusão de nível médio e de curso técnico em várias áreas.

A maioria das vagas é para o Rio de Janeiro, mas há chances para o Rio Grande do Sul, Goiás e Distrito Federal, onde o candidato será efetivado em uma das agências regionais do Inmetro. Os aprovados para o Rio de Janeiro serão lotados na capital ou no distrito de Xérem, em Duque de Caxias, conforme as necessidades da instituição.

Das vagas de nível médio, 10 são para assistente executivo em metrologia e qualidade e 79 para técnico em metrologia e qualidade. De nível superior as vagas são distribuídas em 40 para analista executivo e 124 para pesquisador-tecnologista.

As áreas do cargo de analista executivo são as seguintes: assistente social (1); avaliação de conformidade (10); ciências contábeis (8); estatística (2); gestão pública (15); medicina cardiologia, ortopedia e traumatologia, psiquiatria e do trabalho (4).

Já para pesquisador, as oportunidades serão para as áreas de acreditação (17); análise de requisitos e qualidade de software (2); arquitetura de soluções de softwares (2); articulação internacional (3); ciência da computação (2); ciências econômicas (5); desenvolvimento de sistemas (2); educação à distância (4); engenharia civil, elétrica, eletrônica, mecânica, produção e  egurança do trabalho (19); gestão da informação (2); governança de tecnologia da informação (2); infraestrutura e redes de tecnologia da informação (2); informática aplicada à metrologia legal (3); instrumentação em dinâmica dos fluidos (1); metrologia (43); microscopia eletrônica e forense (4); psicologia (1); recursos humanos (7) e tecnologia e inovação (3).

Para técnicos, as áreas são as seguintes: biotecnologia (4); contabilidade (2); elétrica (5); eletrônica (4); edificações (1); instrumentação (5); mecânica (5) e metrologia (53).

veja também