MENU

Projeto Via Rápida ampliará a oferta de capacitação profissional gratuita em 2012

Via Rápida Emprego vai qualificar 125 mil pessoas

Atualizado: Quinta-feira, 2 Fevereiro de 2012 as 8:34

Em cerimônia realizada na última terça-feira, dia 31 de janeiro, no Palácio dos Bandeirantes, o  governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e o secretario de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre Barbosa, anunciaram a criação de 125 mil novas vagas, ao longo de 2012, para o Programa Via Rápida Emprego. O objetivo do programa é levar capacitação profissional gratuita aos cidadãos que buscam ingressar no mercado de trabalho ou almejam abrir seu próprio negócio.

Desse total, 7.300 já estão abertas para 40 municípios: são 3.068 vagas na capital, 896 na Grande São Paulo e outras 3.336 no litoral e interior, dirigidas a quem tem mais de 16 anos, é alfabetizado e reside no Estado de São Paulo.

Os participantes recebem material didático e subsídio de transporte no valor de R$ 120. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário, também têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210 durante o período do curso.

No ano passado, o programa disponibilizou 30 mil vagas em mais de 400 municípios.

“Este ano, o Programa ampliará o número de vagas e as modalidades de cursos. Além disso, as unidades móveis levarão qualificação profissional para diversas regiões. Até 2014, serão 12 postos itinerantes. Quando todos estiverem em operação será possível atender às necessidades imediatas de formação de mão de obra, levando capacitação a um número ainda maior de municípios”, ressalta o secretário da SDECT, Paulo Alexandre Barbosa.

Cursos – Ao longo de 2012 serão abertos mais de 150 cursos diferentes, entre eles: informática, soldagem, tapeçaria, auxiliar administrativo, garçom, hotelaria, operador de máquinas agrícolas, eletricista, corte e costura, cabeleireiro (foto), produção de açúcar e álcool e camareira.  

Os cursos são intensivos, com duração máxima de três meses, permitindo ao aluno concluir seu aprendizado rapidamente e candidatar-se às oportunidades de emprego que vierem a surgir. 

As aulas são ministradas em Escolas Técnicas (Etecs), Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado de São Paulo e em unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), do Senac São Paulo (Atendimento Corporativo), do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) e nas quatro unidades móveis (carretas) do programa, que passam a integrar o Via Rápida Emprego neste ano: com cursos de soldagem, vestuário, hospitalidade e imagem pessoal, elas percorrerão mais de 30 municípios paulistas. As primeiras cidades a receberem os veículos – com área interna de aproximadamente 60 m² e equipamentos necessários para cada tipo de curso – serão São Paulo, Campos do Jordão, Matão e Santos, já no mês de fevereiro.

Cada carreta possui capacidade para atender até 20 alunos por turma. As aulas terão duração de 80 a 100 horas e serão realizadas de segunda a sexta, em três períodos.

Inscrições – Os interessados em participar dos cursos do Via Rápida Emprego já podem realizar suas inscrições pelo site www.viarapida.sp.gov.br. Neste mesmo endereço é possível consultar a lista completa de cursos oferecidos.

veja também