TJ da Comarca de Cocalzinho de Goiás - GO abre 1 vaga de nível Superior

TJ da Comarca de Cocalzinho de Goiás - GO abre 1 vaga de nível Superior

Atualizado: Quarta-feira, 24 Novembro de 2010 as 1:38

O Tribunal de Justiça da Comarca de Cocalzinho de Goiás-GO (www.tjgo.jus.br), torna público, para conhecimento dos interessados que estarão abertas as inscrições para o concurso destinado ao provimento de cargos vagos, e dos que vierem a surgir dentro do prazo de validade do certame.

Será oferecida 1 vaga de nível Superior, para os cargos de Contador, Distribuidor e Partidor Judiciário I, com carga horária de 40h semanais e remuneração de R$ 1.843,35.

As inscrições deverão ser realizadas no período de 22 de novembro de 2010 a 13 de dezembro de 2010, para se inscrever, o interessado deverá comparecer pessoalmente à Comarca e preencher o requerimento de inscrição, disponível na Secretaria, dirigido ao Diretor do Foro. O requerimento deverá estar acompanhado de fotocópia de documento de identificação, oficial, que contenha foto e impressão digital do candidato, autenticada ou acompanhada do original.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 57,98, devendo ser pago até a data do vencimento.

Serão aplicadas, no mesmo dia, as provas objetiva de múltipla escolha e discursiva e, em data posterior, prova de digitação, que serão eliminatórias. Será eliminado o candidato que obtiver nota inferior a 5, numa escala de 0 a 10, em cada uma das provas.

As datas, horários e locais das provas, serão divulgados com antecedência mínima de 10 dias no placar do Fórum e por publicação no Diário da Justiça do Estado de Goiás.

A prova de múltipla escolha versará sobre as seguintes matérias, língua portuguesa, organização do Poder Judiciário: no Brasil e em Goiás, noções de Direito Constitucional e Administrativo, realidade étnica, social, histórica, geográfica, cultural, política e econômica do Brasil, informática básica e conhecimento específico do cargo em concurso.

Serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos que alcançarem a proporção de oito vezes pelo número de vagas constante, inclusive para as vagas reservadas aos candidatos inscritos como portadores de deficiência, desde que obtenham no mínimo 50% dos pontos da prova objetiva.

A prova de digitação constará de cópia fiel de texto, impresso em microcomputador, apresentado pela Banca Examinadora, com 33 linhas, no máximo e as seguintes configurações: papel A4, margem superior de 3 centímetros, margem inferior de 2 centímetros, margem esquerda de 3 centímetros e direita de 2 centímetros, fonte Times New Roman Normal, 14 pt, tabulação em 7 centímetros e/ou 10 centímetros, e espaçamento conforme orientação dada pela Banca Examinadora.

O concurso terá validade por dois anos a contar da publicação da homologação do resultado final no Diário da Justiça Eletrônico.

veja também