MENU

A dois dias da Copa, África do Sul faz festa com o vuvuzelaço

A dois dias da Copa, África do Sul faz festa com o vuvuzelaço

Atualizado: Quarta-feira, 9 Junho de 2010 as 7:57

  A África do Sul é um barulho só nesta quarta-feira. Em todos os cantos do país, moradores e visitantes estão de vuvuzela na mão tocando a tradicional corneta-símbolo da torcida sul-africana. Convocados pelos organizadores da Copa do Mundo, que começa nesta sexta, muitos aderiram à “vuvuzela time” e, ao meio-dia (7h pelo horário de Brasília), encheram os pulmões para fazer barulho.

O principal ponto de encontro foi a Mandela Square, na região de Sandton, onde torcedores de diversos países começaram a se concentrar desde as primeiras horas do dia. Mexicanos, argelinos, brasileiros, chilenos, espanhóis, holandeses... Em cada canto da praça, que é decorada com uma enorme estátua do ex-presidente Nelson Mandela, gente dos mais diversos lugares do planeta.

Nas outras cidades da África do Sul, a mesma coisa. Na Cidade do Cabo, pessoas se reuniram na região do porto para tocar vuvuzela. Uma enorme corneta, peça publicitária de uma empresa automobilística, também fez barulho. Em Irene, onde a seleção da Alemanha treinava, mais barulho de vuvuzela nas arquibancadas.

Quem não tinha corneta usava a buzina do carro. As ruas de Joanesburgo, principal cidade do país, ficaram completamente congestionadas. Gente com bandeiras tremulando, pendurada na janela dos veículos. Tudo para celebrar a chegada da Copa do Mundo.

O convite foi aceito por todos. Até mesmo em lugares públicos e fechados, como shoppings, restaurantes, agências bancárias... Quem estava na África do Sul nesta quarta-feira com certeza ouviu o barulho das vuvuzelas. Mesmo quem não queria ouvir ouviu...

veja também