MENU

A um empate da Sul-Americana, Prass exige vitória sobre o Ceará

A um empate da Sul-Americana, Prass exige vitória sobre o Ceará

Atualizado: Quinta-feira, 2 Dezembro de 2010 as 2:12

O ano do retorno do Vasco à elite do futebol brasileiro não foi catastrófico, mas também esteve longe de ser uma maravilha. O time não conseguiu títulos e está na zona intermediária da classificação do Campeonato Brasileiro, em 12º lugar. Na última rodada da competição, o Cruzmaltino enfrenta o Ceará em São Januário, domingo, às 17h (horário de Brasília). E para se classificar para a Copa Sul-Americana da próxima temporada, um empate basta. Para o goleiro Fernando Prass, depois de tantos empates no Brasileiro, a equipe precisa fechar o ano com uma vitória.

- Matematicamente ainda não estamos classificados. Para não dependermos de ninguém, temos que empatar. Por tudo que aconteceu neste ano, era melhor a gente ganhar e ainda ultrapassarmos o Ceará na tabela. Tem o risco (de não se classificar). Na minha cabeça, até o empate é ruim. Tivemos uma campanha regular em casa, mas com muitos empates. Temos que terminar o ano de uma forma positiva em casa – disse o goleiro.

Para o Vasco não ir à Sul-Americana, teria que perder, e Flamengo, Avaí e Atlético-MG vencerem os seus jogos. Prass pede atenção durante o jogo, principalmente com o atacante Magno Alves.

- Não o conheço pessoalmente (Magno Alves), mas todos sabem que ele é muito perigoso. Mas está mais do que provado que não podemos nos preocupar com um só. Mesmo que seja o Messi do outro lado, não se pode pensar só nele. Precisamos valorizar o coletivo. Todo mundo que joga contra o Vasco, quer mostrar serviço, assim como tem vários jogadores no Vasco também querendo mostrar, já pensando no planejamento da diretoria para o ano que vem - concluiu.    

veja também