MENU

A um ponto da vaga, Inter visita o vingativo Jaguares no México

A um ponto da vaga, Inter visita o vingativo Jaguares no México

Atualizado: Quarta-feira, 6 Abril de 2011 as 9:59

O Jaguares avisou em seu site oficial: "A vingança é um prato que se come frio. Te esperamos, campeão". É em clima de revanche que o time mexicano recebe o Inter às 19h30m (de Brasília) desta quarta-feira, no estádio Victor Manuel Reyna, em Tuxtla Gutiérrez, pela penúltima rodada do Grupo 6 da Libertadores da América. A goleada de 4 a 0 aplicada pelos colorados sobre os felinos no Beira-Rio e a necessidade de vitória dos mandantes são fatores envolvidos na partida, que pode colocar os gaúchos na próxima fase da Libertadores. Basta um empate.

Mas o time de Celso Roth sabe que precisa mesmo é de uma vitória. O objetivo está dois passos à frente da mera classificação: é ser o campeão da chave e, se possível, fazer a melhor campanha geral da primeira fase da disputa. Para isso, o time será escalado com três meias e dois volantes - Oscar, D'Alessandro e Zé Roberto juntos.

O Colorado vai a campo com dez pontos, três à frente do Emelec e com quatro a mais do que o Jaguares, que pode ser eliminado em caso de derrota. O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partida em Tempo Real. O SporTV mostra ao vivo para todo o Brasil. O jogo será apitado por Wilmar Roldán, da Colômbia, auxiliado pelos compatriotas Humberto Clavijo e Javier Camargo.

Jaguares : os mexicanos jogam a vida contra o Inter. Se perderem o jogo, darão adeus à Libertadores no caso de o Emelec vencer o Jorge Wilstermann. Como estão mal no Clausura Mexicano, resta aos felinos salvar a pele na competição continental. Além disso, o time de Chiapas quer dar o troco depois da goleada sofrida no Beira-Rio.

Inter: a partida pode garantir a classificação matemática para o Inter (basta um empate), mas sua importância vai além disso. Caso vença o jogo, o Colorado dará passo muito importante para alcançar a melhor campanha entre todos os participantes da primeira fase e, assim, ter o privilégio de jogar em casa na segunda partida dos jogos eliminatórios. Cruzeiro e Junior Barranquilla disputam a liderança geral com os gaúchos.

Jaguares : os felinos não têm o atacante Jakson Martínez, lesionado, mas esperam contar com Antonio Pedroza, autor de dois gols na vitória de 3 a 1 sobre o Pumas, no sábado. Possível escalação: Jorge Villalpando, Ismael Fuentes, Omar Flores, Hugo Sánchez e Miguel Martínez; Marvin Cabrera, Christian Valdéz, Luis Esqueda e Francisco Torres; Damián Manso e Antonio Salazar.

Inter : o time colorado não deve ter grandes surpresas na partida. O treino desta terça-feira mostrou a equipe com três meias e dois volantes, repetindo o desenho das últimas partidas. Escalação: Lauro, Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Bolatti, Guiñazu, Oscar, D'Alessandro e Zé Roberto; Leandro Damião.

Jaguares: o meia Damián Manso é quem mais chama a atenção no time mexicano. É um meia habilidoso, bom de assistência, com chegada forte ao ataque. Porém, ele foi muito mal no Beira-Rio, na goleada de 4 a 0 do Inter sobre o Jaguares.

Inter: Pablo Horácio Guiñazu completa, contra o Jaguares, 200 jogos com a camisa do Inter. O volante argentino vive bom momento, volta a se consolidar como uma referência do time e certamente vai querer marcar com vitória sua ducentésima aparição com a camisa vermelha.

Christian Valdez, meia do Jaguares : "Se quisermos dar um passo na Libertadores, temos que ganhar do líder do grupo, e aí ficaremos a um passo da classificação. Não temos que pensar em nada além dessa partida".

Bolívar, zagueiro do Inter : "A gente sabe que nossa vitória de lá foi dolorida para o Jaguares. Quando uma equipe perde, quer uma recuperação imediata. Com eles jogando em casa, vão querer colocar esse placar de volta. Mas eles enfrentam o último campeão da Libertadores, e precisam de respeito. É o que o Inter costuma fazer, e por isso conquista bons resultados ".

    O Inter passou por cima do Jaguares no último (e também único) encontro entre as duas equipes. No dia 23 de fevereiro, o Colorado goleou os mexicanos por 4 a 0 no Beira-Rio. O grande destaque foi o argentino Bolatti, em sua segunda partida pelo clube. Ele marcou os dois primeiros gols, seguidos por mais um de Leandro Damião e outro de Oscar. Depois da partida, os colorados admitiram que o placar foi exagerado. O Jaguares, especialmente no primeiro tempo, conseguiu incomodar o time da casa.    

veja também