MENU

Acerta o pé, Verdão: time que mais finaliza ainda busca caminho do gol

Acerta o pé, Verdão: time que mais finaliza ainda busca caminho do gol

Atualizado: Quinta-feira, 15 Setembro de 2011 as 10:09

A torcida do Palmeiras tem sofrido sistematicamente com os gols perdidos nos últimos jogos do time no Campeonato Brasileiro. O volume de finalizações não é mera ilusão, os números provam isso: o Verdão é o time que mais arremata a gol na competição, com 355 chutes em 23 jogos, média de 15,4 por confronto. Mesmo com destaque no fundamento, a equipe fez apenas 29 gols no Brasileirão – média de 1,26 por partida.

Neste domingo, contra o Avaí, em Florianópolis, o time terá nova chance de acertar o pé – a semana cheia de treinos serviu para o técnico Luiz Felipe Scolari intensificar os trabalhos no setor. Com 34 pontos, o Palmeiras é o oitavo colocado na tabela e encara o duelo como decisivo para as pretensões de vaga na Taça Libertadores.

Tinga e Maikon Leite mostram suas armas: Verdão precisa de gols (Foto: Diego Ribeiro/Globoesporte.com)

  Diante dos catarinenses, dois jogadores voltam ao time após longo tempo fora. Sem os meias Valdivia, machucado, e Patrik, suspenso, o Palmeiras deve contar com Tinga na armação de jogadas. Um pouco mais à frente, Maikon Leite é opção para um ataque que vem pecando no toque final para as redes. Luan, Fernandão e Kleber devem ser os titulares, mas Maikon costuma ser acionado no segundo tempo.     - Antes de me machucar, o panorama já era esse. Criávamos e não fazíamos. Não é de hoje. Há um bom tempo estamos chegando e não estamos fazendo. O negócio é treinar, não falar muito e colocar a bola dentro do gol. Domingo a bola vai entrar – promete o atacante.

Para acertar o pé e comandar a retomada do Palmeiras no Brasileirão, Maikon Leite e Tinga têm trunfos especiais nos pés. Preocupados com o estilo, os dois personalizaram seus calçados com os nomes – no caso do meia, acompanhado do número (Tinga 17). Abusado, Maikon até avisou que tem outro par de chuteiras.

- Vocês têm de ver minha outra chuteira: está escrito “Moleque”.

Os “moleques” Maikon Leite e Tinga são dois dos que mais brincam e mantêm o alto astral no grupo. Mesmo no atual momento de dificuldade, na reserva e com o time em má fase, Tinga aposta no bom humor e na leveza para a bola voltar a entrar no gol.

- No futebol temos de matar um leão por dia, então tem de se animar sempre. Tenho me dedicado nos treinos e jogos, e na hora certa vou brilhar e ajudar o Palmeiras.

Último gol de Maikon foi contra o Santos, ainda no

início de julho (Foto: Agência Estado)

  Nos treinos, Tinga tem acertado o pé e feito gols nos trabalhos de finalizações. Maikon Leite voltou agora de lesão, mas quer quebrar um jejum de dois meses sem balançar as redes e engatar uma sequência de gols para conquistar a torcida do Palmeiras. Na vontade e nos treinos, a dupla já se destaca para tentar melhorar o desempenho alviverde no Brasileirão.

Líder no quesito, Assunção alerta

O rei das finalizações no Palmeiras é o volante Marcos Assunção, com 70 no campeonato – a maioria na bola parada. Em segundo lugar no ranking geral do Brasileiro, Assunção só perde para Leandro Damião, do Internacional, que tem 74. Coincidência ou não, foi Damião o autor dos três gols na vitória colorada por 3 a 0 do último domingo, no Pacaembu. Enquanto o Verdão criou um caminhão de chances – 21, o Inter precisou de apenas três oportunidades mais claras para construir a vitória.

- Quando falta algo dentro de campo, perdemos jogos. Quando entramos 100% atentos e sabendo de nossas capacidades, o time vai bem. Quando entramos com alguma dúvida, o outro time vem e passa por cima – alertou Marcos Assunção.            

veja também