MENU

'Achei que ia ser campeão e até comemorei por dentro'

'Achei que ia ser campeão e até comemorei por dentro'

Atualizado: Terça-feira, 29 Novembro de 2011 as 10:53

Tite teve o gosto de ser campeão brasileiro por alguns

minutos (Foto: Felipe Zito / Globoesporte.com) Por alguns momentos, Tite teve a sensação de ser campeão brasileiro após a vitória contra o Figueirense, no último domingo. O problema é que o gol do Vasco nos acréscimos do clássico contra o Fluminense fez com que o treinador do Corinthians tivesse seu sonho adiado por mais uma rodada.

- Achei que ia ser campeão no domingo. Cheguei a comemorar por dentro, mas sem extravasar – comentou o treinador.

O comandante alvinegro acreditava que poderia encerrar a escrita do torcedor corintiano de ser sempre sofredor e levar o título com uma semana de antecipação. Neste Brasileirão, a torcida já teve emoção de sobra com viradas empolgantes em alguns dos jogos que marcaram a trajetória alvinegra no torneio até o momento.

- Estava diferente do normal, mas estava bom. Ainda temos uma vantagem importante e temos que ter merecimento.

No próximo domingo, o Corinthians faz o clássico contra o Palmeiras, no Pacaembu, e até uma derrota pode garantir a taça ao Timão. Para isso, o Vasco não pode vencer o Flamengo, no Rio de Janeiro.

Além de ver título escapar de suas mãos em questão de minutos, Tite teve de encarar um dia difícil no retorno de Florianópolis. O treinador revelou que dormiu poucas horas e ainda teve de consolar a filha Gabriele, que sofreu com a não confirmação do título na penúltima rodada do Brasileirão.

- Fui dormir às 3h da manhã depois assistir ao jogo do Fluminense contra o Vasco. Acordei às 6h30 da manhã, tomei meu chimarrão e esperei a filha voltar do colégio. Ela sentiu muito e chorou no meu ombro. Acabei envolvendo ela, botei no colo e dei um afago. A menina sentiu bastante no colégio, então foi hora de sair o treinador para o pai entrar em ação – contou o técnico, que ficou com o coração apertado quando viu a filha de 16 anos derramar lágrimas pelo pai.        

veja também