MENU

Agenda de amistosos revela estratégias das seleções antes da Copa

Agenda de amistosos revela estratégias das seleções antes da Copa

Atualizado: Terça-feira, 2 Março de 2010 as 12

Enquanto seleções como Brasil e Inglaterra dispensam testes em amistosos fora da data Fifa antes da Copa do Mundo de 2010, outras como México, Coreia do Norte e Argentina apostam em uma agenda exaustiva de compromissos. A corrida da preparação para o Mundial já começou, e cada equipe definiu sua estratégia.

A mais inovadora foi a do Chile. O técnico Marcelo Bielsa aceitou o desafio de disputar dois amistosos no mesmo dia em Santiago. Ele utilizaria duas equipes distintas contra Costa Rica e Coreia do Sul, em um treino de luxo de 180 minutos na quarta-feira em Santiago.

Mas o terremoto que abalou o país foi mais um golpe na preparação chilena: os jogos tiveram que ser cancelados. A rodada dupla foi idealizada justamente para recuperar o tempo perdido, já que o Chile deveria ter disputado um amistoso contra a Alemanha no final do ano passado, mas não pôde devido à morte do goleiro Robert Enke.

Outra vez, um desastre atrapalha a concentração do time para a Copa. Bielsa teve um prejuízo irreparável, já que o dia 3 de março é a última data Fifa antes da Copa, e ele poderia contar com todos seus principais jogadores sem ter problemas com a liberação dos clubes. Restaram os amistosos marcados contra Venezuela e México. Por sinal, não chega a ser difícil encontrar um time que vá enfrentar os mexicanos.

Os jogadores de Javier Aguirre chegarão à África do Sul depois de terem disputado nada menos do que nove amistosos só em 2010, o maior número de jogos preparatórios entre as equipes participantes do Mundial. O primeiro foi uma goleada de 5 a 0 sobre a Bolívia. Resultado que dificilmente será repetido nos dois últimos, contra Holanda e Itália.

Maratona parecida é a que a Coreia do Norte enfrenta antes da Copa. Rival do Brasil no Grupo G, o time tem disputado jogos da AFC Challenge Cup, torneio continental de menor valor na Ásia. Somando com os amistosos, serão oito partidas em 2010 antes da Copa - depois que o jogo contra o Chile foi cancelado, outro contra a Venezuela foi marcado. E, para variar, os norte-coreanos vão, sim, jogar contra o México.

Entre os favoritos, a Argentina tem a agenda mais cheia. O técnico Diego Maradona tem aproveitado compromissos contra times como Costa Rica e Jamaica para testar jogadores que atuam no futebol nacional. Venceu esses dois jogos, com placar apertado. Nesta quarta-feira, ele poderá ter força total contra a Alemanha. Os modestos Canadá e Israel fecham a agenda argentina, em outra bateria de testes.

Por outro lado, há as seleções que não fazem muita questão de tentar reunir outros jogadores para fazer testes fora da data Fifa, o que é um indício de que a convocação final já está definida. O Brasil vai enfrentar apenas a Irlanda, e a Inglaterra só o Egito. Somente a Copa do Mundo poderá mostrar qual estratégia é a melhor.

veja também