MENU

Agente vê Massa "subestimado" e confia em renovação

Agente vê Massa "subestimado" e confia em renovação

Atualizado: Quarta-feira, 26 Maio de 2010 as 10:57

O francês Nicolas Todt, empresário de Felipe Massa, vê o brasileiro como um piloto subestimado. Ainda assim, o filho de Jean Todt, presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), acredita na renovação do brasileiro com a Ferrari e desmente rumores de mudança.

''O Felipe está com a Ferrari desde 2001 e viveu alguns momentos fantásticos, como suas primeiras vitórias, e tempos difíceis, como seu dramático acidente no ano passado. É uma relação especial e espero que possa continuar assim por vários anos. É o desejo do Felipe e acho que da Ferrari também'', disse Todt à Revista Autosprint.

Felipe Massa foi contratado como piloto de testes pela Ferrari na temporada de 2001. Depois de uma passagem pela Sauber, o brasileiro assumiu como titular em 2006 e no ano de 2008 perdeu o título mundial por apenas um ponto para o britânico Lewis Hamilton, da McLaren.

Superado pelo espanhol Fernando Alonso, seu atual companheiro de equipe, após seis etapas, Massa tem contrato até o final da temporada. Há quem diga que o australiano Mark Webber, da Red Bull, e o polonês Robert Kubica, da Renault, são candidatos a substituir o brasileiro.

''Eu acho que o Felipe sempre foi subestimado. Antes do início de toda temporada, ele sempre foi considerado inferior em comparação ao seu parceiro, mas no final seu resultado é melhor'', afirmou Todt sobre o brasileiro, ex-companheiro do alemão Michael Schumacher e do finlandês Kimi Raikkonen, dois campeões mundiais.

Com 75 pontos, Alonso está a três do primeiro lugar, divido pelo alemão Sebastian Vettel com o parceiro Mark Webber. Único entre os cinco primeiros que não venceu, Massa tem 61 pontos e aparece no quinto lugar. Diante da situação, Todt aposta que o brasileiro ainda pode superar o parceiro e cita os problemas do piloto com os pneus.

''Quando vejo o Felipe seis décimos mais lento por volta, como aconteceu algumas vezes, acho que não é pela pilotagem, se não ele teria que mudar de emprego. Com pneus super macios, o Felipe está no nível do Alonso. A equipe identificou as áreas para trabalhar com o objetivo de atender melhor o Felipe e por isso estou confiante'', encerrou Todt.

veja também