MENU

Ainda com cautela, Martelotte pensa em usar Ganso contra o Botafogo-SP

Ainda com cautela, Martelotte pensa em usar Ganso contra o Botafogo-SP

Atualizado: Sexta-feira, 4 Março de 2011 as 4:15

Marcelo Martelotte já pensa no retorno do meia Paulo Henrique Ganso aos gramados. Liberado para treinar com o restante do elenco esta semana, o atleta terá um trabalho especial para voltar a jogar com a camisa 10 do Santos. A ideia é que o jogador, um dos principais nomes da equipe ao lado de Neymar e Elano, volte a jogar no próximo dia 12, contra o Botafogo-SP, na Vila Belmiro. Antes, a meta era de que retornasse contra o Colo-Colo, dia 16, no Chile.

- Vai depender do desenvolvimento dele. Vamos sentir a evolução da parte física para ver quanto tempo ele suportaria jogar. Entendo que seria importante se pudesse participar da partida com o Botafogo, mas não vamos antecipar nada - disse o técnico interino do Santos, deixando a possibilidade ainda em aberto.

Martelotte não esconde que dará atenção total ao meio-campista na próxima semana.

- Vamos fazer um trabalho para sentir a confiança porque não adianta isolar o Paulo e não deixa-lo ter contato, pois na hora do jogo haverá marcação. Estamos procurando começar esse trabalho para ver no jogo. Eu não descarto que ele volte contra o Botafogo - disse o técnico.

Ganso está há seis meses sem jogar, desde que sofreu uma lesão no joelho esquerdo. Apesar de a comissão técnica alvinegra admitir que o mais provável é que o jogador volte a atuar no dia 16, na partida contra o Colo Colo, pela terceira rodada do grupo 5 da Libertadores, no Chile,  o meia declarou ao GLOBOESPORTE.COM que gostaria que seu retorno fosse na Vila Belmiro.

- Eu prefiro que a volta seja aqui na Vila Belmiro, diante da nossa torcida - declarou.

Cronologia

25/08/2010 - Ganso sofre e lesão no joelho esquerdo na partida contra o Grêmio, no dia 25 de agosto, no Estádio Olímpico, em jogo do Brasileirão 2010.

28/08/2010 - Meia passa por cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. O procedimento é realizado pelo médico ortopedista José Ricardo Pécora. A cirurgia dura cerca de 1h30m

21/09/2010 - Ganso retira pontos e já anda sem auxílio de muletas

27/11/2010 - Três meses após cirurgia, Ganso volta a correr e inicia nova fase de seu processo de recuperação

03/01/2011 - Camisa inicia trabalho de transição para retorno aos gramados

04/02/2011 - Jogador é liberado para realizar trabalho de readaptação com bola

03/03/2011 – Meia é liberado e está a disposição do técnico Marcelo Martelotte      

veja também