MENU

Alex diz que vale os R$ 14 milhões investidos: 'Sou uma aposta coerente'

Alex diz que vale os R$ 14 milhões investidos: 'Sou uma aposta coerente'

Atualizado: Quarta-feira, 18 Maio de 2011 as 9:51

  Investir R$ 14 milhões em um jogador de 29 anos não é nada habitual para os clubes brasileiros. Mas o Corinthians aposta pesado que Alex acabará com a carência no setor de criação. Contratado para ser o camisa 10 alvinegro pelos próximos três anos, o armador acredita que seu desempenho nas últimas temporadas equivale ao montante que o Timão pagou ao Spartak Moscou-RUS.

- De repente, isso (valor) assusta no início, mas não preocupa. Pelo que venho fazendo esses anos, sou uma aposta coerente. Não vai me trazer uma responsabilidade maior como se eu tivesse vindo por R$ 1 milhão. Tenho que agradecer com trabalho, e vamos ver no dia a dia – afirmou.

Os números, aliás, comprovam a confiança de Alex. Antes de ser vendido para o Spartak Moscou-RUS, o jogador brilhou no Internacional. Foram quatro títulos gaúchos (2004, 2005, 2008 e 2009), uma Libertadores (2006), um Mundial Interclubes (2006), uma Recopa Sul-Americana (2007) e uma Copa Sul-Americana (2008). Além disso, teve ainda quatro atuações com a camisa da Seleção Brasileira.

Alex chega para ser o cérebro do time do Corinthians (Foto: Carlos Augusto Ferrari / GLOBOESPORTE.COM)

  Mesmo chegando para ser titular, Alex prega um discurso humilde e sem se colocar prontamente na equipe de Tite. O meia, porém, estará longe do banco de reservas. O treinador sonhava com a chegada dele desde o ano passado, principalmente por não ter opções parecidas no elenco. Bruno César já seguiu para o Benfica, enquanto Danilo, Morais e Ramírez estão em baixa.

- Os reforços são para somar. A ideia do reforço não é para menosprezar quem está aqui. Chego com essa ideia. Chego para ser mais uma opção dentro de um grupo que já é competitivo. Queremos fazer o Corinthians mais forte – disse.

Alex evita escolher posição, mas dá a entender que não pretende voltar a ser utilizado na lateral esquerda, setor que iniciou a carreira no Pirassununguense e depois no Guarani. Como Marcelo Oliveira foi emprestado para o Atlético-PR, o Corinthians tem apenas Fábio Santos para naquele lado.

- A marcação nunca foi minha virtude. Desde os juniores, sempre começava os jogos na lateral e terminava no meio. Mas estou aqui para trabalhar pelo Corinthians – completou.        

veja também