MENU

Alonso comemora vitória na Coreia, mas adota precaução: 'Nada mudou'

Alonso comemora vitória na Coreia, mas adota precaução: 'Nada mudou'

Atualizado: Segunda-feira, 25 Outubro de 2010 as 8:15

Vitória e liderança, mas sem exageros na festa. Após o GP da Coreia do Sul de Fórmula 1, Fernando Alonso não quer saber de comemorações antecipadas por um possível terceiro título na categoria. O piloto espanhol chegou à Coreia 14 pontos atrás do líder, Mark Webber, e agora está no topo da classificação, com 11 de vantagem sobre o australiano. Ele acredita que, apesar do resultado em Yeongam, nada mudou. O caminho até a taça é dos mais perigosos.

- Nada mudou na verdade. Nós sabemos que, com o novo sistema de pontos, tudo pode acontecer em uma corrida. Se você não pontua, perde 25 pontos para um de seus principais adversários. Então, nada mudou. Mark (Webber) e Seb (Vettel) tiveram azar, mas qualquer coisa pode acontecer e ainda há quatro ou cinco candidatos ao título. Estar no pódio e ser consistente é, talvez, a chave do campeonato. Nós temos feito um bom trabalho nas últimas sete corridas, mas não podemos esquecer das últimas duas. Precisamos estar no pódio e, ao menos, lutar pela vitória.

Confira aqui a classificação completa da temporada

Para o espanhol, uma vitória como a conquistada na Coreia do Sul não é possível em todos os finais de semana.

- Um resultado em uma corrida não muda a figura do campeonato. Ainda há quatro, cinco candidatos. Então, nós sabíamos antes de vir aqui que em toda corrida é importante terminar. Vencer aqui é fantástico e em todas as corridas devemos buscar a vitória, mas isso não é possível em todos os fins de semana.

Alonso também comemorou o bom desempenho da Ferrari em Yeongam, com o companheiro Felipe Massa chegando em terceiro lugar.

- Absolutamente, foi uma das melhores corridas do ano para nós. Ter os dois carros no pódio foi uma conquista para a Ferrari. Nós fomos competitivos em todo o fim de semana. No treino classificatório, vimos que o carro estava forte, então sabíamos que o ritmo para a corrida estava ali. Esta manhã estava molhada, sabíamos que ia ser uma corrida dura. E vencemos a prova e a primeira corrida na Coreia com chuva. Então, estou muito feliz.

A temporada tem mais duas corridas para definir o campeão: Brasil, no dia 7 de novembro, e Emirados Árabes, no dia 14.

  Por GLOBOESPORTE.COM Yeongam, Coreia do Sul

veja também