MENU

Alonso é o melhor em treino marcado por acidentes de Rosberg e Liuzzi

Alonso é o melhor em treino marcado por acidentes de Rosberg e Liuzzi

Atualizado: Sábado, 28 Maio de 2011 as 8:42

Em um treino recheado por acidentes, Fernando Alonso foi o mais rápido na última sessão livre para o GP de Mônaco, disputada na manhã deste sábado no circuito de rua de Monte Carlo. O espanhol da Ferrari marcou o tempo de 1m14s433, 563 milésimos à frente de Jenson Button, da McLaren, o segundo colocado. Felipe Massa, companheiro do bicampeão, foi o terceiro, logo à frente de Sebastian Vettel, líder do campeonato, que foi atrapalhado pela perda de tempo no treino.

O treino foi marcado por dois fortes acidentes. O primeiro aconteceu apenas oito minutos após o início e provocou uma interrupção de 13 minutos. Nico Rosberg, da Mercedes, vinha com um carro muito baixo, perdeu o controle na saída do túnel, ponto mais rápido do circuito, bateu no guard rail e parou com ele destruído após a Chicane do Porto. Ele escapou ileso, mas seus mecânicos terão muito trabalho para tentar aprontar o modelo para a classificação, que será às 9h (de Brasília).

Outra vítima dos guard rails de Mônaco foi o italiano Vitantonio Liuzzi, da Hispania. A seis minutos do fim do treino livre, ele saiu de traseira na curva Sainte Devote e acertou a barreira de pneus colocada no local, danificando muito seu carro e provocando mais uma interrupção da sessão. Após um rápido trabalho dos fiscais, ela foi reiniciada a apenas dois minutos do fim.

No ano passado, Fernando Alonso passou por uma situação parecida ao bater na curva Massenet no terceiro treino livre e danificar seriamente o chassi de seu carro. Sem tempo hábil para montar o reserva, o espanhol da Ferrari nâo pôde participar da classificação e teve de largar nos boxes no domingo. Ele ainda conseguiu terminar a corrida na sexta posição após uma ótima recuperação.

Com a Williams, Rubens Barrichello ficou apenas na 12ª posição, uma à frente do companheiro Pastor Maldonado. O brasileiro deu 13 voltas na sessão e foi outro piloto a ser atrapalhado pelos acidentes no início e no fim da sessão. Ele perdeu tempo de pista e não conseguiu avaliar corretamente os pneus supermacios, que seriam usados nos últimos minutos.  

veja também