MENU

Alvo preferencial: Neymar sofreu 11 das 35 faltas cometidas pelo Galo

Alvo preferencial: Neymar sofreu 11 das 35 faltas cometidas pelo Galo

Atualizado: Sexta-feira, 14 Outubro de 2011 as 4:47

O destempero do atacante Neymar, do Santos - que perdeu a paciência durante jogo contra o Atlético-MG, na última quinta-feira, em Sete Lagoas (MG), e foi expulso por reclamação - pode ser explicada pela quantidade de faltas que ele sofreu durante a partida, válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O craque alvinegro foi o alvo preferencial dos marcadores do Galo. De tão nervoso, o craque chegou a chorar no vestiário após a expulsão, segundo Muricy. O Santos perdeu por 2 a 1. 

O Atlético-MG fez 35 faltas durante a partida. Dessas, 11 foram sobre Neymar. Tirando o goleiro Renan Ribeiro, todos os jogadores do Atlético cometeram pelo menos uma infração (inclusive os reservas que entraram no decorrer do confronto). Pierre, Fillipe Souto e Carlos César foram os principais perseguidores do astro santista. Juntos, fizeram 14 faltas. O mesmo número de todo o time do Santos. Pierre, que cometeu cinco, derrubou Neymar três vezes nos dez primeiros minutos de partida. O volante, além de Réver e Triguinho levaram amarelo pelo exagero na marcação ao camisa 11 do Alvinegro Praiano.

O santista evitou as entrevistas depois do jogo e no desembarque da delegação em Congonhas, nesta sexta-feira. Mas seus companheiros o defenderam.

- O Neymar sabe que errou, mas temos de entender sua cabeça. Ele apanha muito nos jogos. São tantas faltas que ele acaba se irritando - comenta o zagueiro e capitão da equipe, Edu Dracena.

Muricy Ramalho adiantou que o garoto terá um descanso. A intenção é poupar não só o corpo do atleta, que já disputou 59 partidas em 2011, mas também a sua cabeça.

veja também