MENU

Ameaça de chuva revive pesadelo na Malásia

Ameaça de chuva revive pesadelo na Malásia

Atualizado: Quarta-feira, 31 Março de 2010 as 12

A quatro dias do GP da Malásia, o pesadelo do ano passado já ronda Sepang. A previsão de chuva forte e calor intenso para o fim da tarde deste domingo não tem deixado pilotos e equipes esquecerem que, em 2009, a prova foi interrompida na 31ª das 56 voltas por falta de condições da pista. Nem mesmo a antecipação da largada de 17h para 16h (5h no horário de Brasília) é o suficiente para a Fórmula 1 dormir tranquila nos dias que antecedem a corrida.

- O clima será, sem dúvida, o maior desafio para pilotos, carros e equipes – afirmou Norbert Haug, diretor esportivo da Mercedes.

A previsão da meteorologia é de chuva pesada, umidade alta e muito calor, apesar de a probabilidade destas condições diminuir um pouco para o horário do GP e do treino classificatório de sábado.

- A previsão é de que a chuva comece por volta das 16h e dure duas horas – afirmou em nota oficial o Departamento de Meteorologia da Malásia.

No ano passado, a tempestade encerrou a corrida na 31ª volta, dando a vitória a Jenson Button, então na Brawn GP. Ele que ganhou apenas a metade dos pontos. A prova começou com pista seca e assim permaneceu por 20 voltas, mas a chuva começou a cair e obrigou todos os pilotos a trocar pneus.

veja também