MENU

América-MG apronta mais uma, respira e instala crise de vez no Bota

América-MG apronta mais uma, respira e instala crise de vez no Bota

Atualizado: Quinta-feira, 17 Novembro de 2011 as 11:24

O América-MG aprontou mais uma nesta quarta-feira. Depois de derrotar Corinthians e Fluminense, o Coelho bateu o Botafogo por 2 a 1 em Sete Lagoas. Segue vivo no Campeonato Brasileiro e ainda tem chance de escapar da queda para a Série B, o que há poucas rodadas parecia uma missão impossível. O Botafogo, por sua vez, entra de vez em crise. Com cinco derrotas em seis jogos (sendo três consecutivas), a equipe corre o risco de ficar fora do G-5, caso o Flamengo pontue contra o Figueirense no jogo desta quinta. Kempes e Fábio Júnior marcaram os gols da vitória mineira. Loco Abreu descontou para o Botafogo. O time alvinegro, que teve um gol mal anulado pelo árbitro André Luiz de Freitas Castro, estacionou nos 55 pontos e está em quinto lugar. O América-MG chegou aos 34 e continua em 19º na tabela.

Na próxima rodada, o América-MG encara o São Paulo no Morumbi, às 19h de sábado. No dia seguinte, o Botafogo enfrenta o Inter, no Engenhão, a partir das 17h.

Erros de um lado, gols do outro

O técnico Caio Júnior surpreendeu e entrou com o zagueiro Gustavo no lugar do atacante Herrera. Com isso, liberou os laterais para avançar mais e pediu que Maicosuel e Elkeson voltassem menos para marcar. A tática, inicialmente, demorou a encaixar. Embalado pelas vitórias sobre Fluminense e Corinthians, o América-MG começou a partida pressionando. Nos primeiros dez minutos, a bola não saiu de perto da área alvinegra. Mas apenas uma boa chance foi criada, com Fábio Júnior girando dentro da área e obrigando Jefferson a fazer boa defesa.

Contudo, aos poucos, o Botafogo foi se encontrando em campo. E aí dominou o jogo. Em linda troca de passes, quase fez o primeiro. Loco puxou contra-ataque, tocou para Maicosuel na área, e o camisa 7 deixou Elkeson livre para marcar. O meia, entretanto, bateu mal, por cima do gol.

O Glorioso seguiu crescendo e perdendo chances. Em escanteio, Fábio Ferreira cabeceou sozinho, mas errou por muito o alvo. Também de cabeça, Elkeson tentou completar cruzamento de Cortês, mas mandou para fora. O camisa 9 voltou a chegar perto do gol depois de bonita tabela com Maicosuel pela esquerda. O chute passou tirando tinta da trave. O Botafogo ainda reclamou de um possível pênalti em Maicosuel, mas o juiz entendeu que o jogador alvinegro simulou a falta.

Quando parecia que o Botafogo tinha o jogo dominado, Cortês saiu jogando mal e dividiu o lance com um adversário. A bola parou nos pés de Fábio Júnior. O atacante invadiu a área e foi derrubado por Jefferson. Pênalti convertido com força no meio do gol por Kempes: 1 a 0. O Coelho se animou e, aproveitando o nervosismo do rival, aumentou a vantagem no placar. Mattos foi desarmado, a bola passou ao lado de Gustavo, que não conseguiu cortar. Fábio Júnior não desperdiçou a oportunidade e mandou para o fundo do gol. O América-MG só não chegou ao terceiro antes do intervalo porque Jefferson fez uma defesaça em chute cruzado de Gilson.

O atacante Kempes comemora após converter pênalti (Foto: Alisson Gontijo/Agência Estado) Segundo tempo de ataque contra defesa

Perdendo o jogo, Caio Júnior fez modificações na equipe no início do segundo tempo: Elkeson e Cortês deram lugar a Herrera e Everton. No entanto, elas não mudaram muito o panorama do jogo. Sem pressa, o América-MG tocava a bola, e o Botafogo, nervoso, não conseguia se achar. Em 15 minutos, nenhum dos times havia feito nada digno de registro.

Mas a situação começou a mudar aos 18. Herrera chutou de fora da área, a bola bateu em Loco Abreu, se enrolou no atacante e acabou caindo em seus pés. Com frieza, o uruguaio mandou por cima do goleiro, com uma cavadinha. O nervosismo trocou de lado, e Gilson fez falta dura em Maicosuel, recebendo o cartão vermelho. Com isso, o jogo passou a ser de ataque contra defesa.

Loco, em duas oportunidades, quase igualou para o Botafogo. Em ambas, recebeu na área e mandou muito perto do gol. Herrera até conseguiu mandar a bola para a rede. Contudo, o árbitro, erradamente, marcou impedimento do atacante.

Quanto mais o jogo se aproximava do fim, mais o nervosismo se instalava em ambos os lados. O América-MG tentava segurar o resultado. O Botafogo procurava pelo menos o gol de empate. Mattos e Maicosuel, de longe, fizeram os torcedores do Coelho temerem o pior. Contudo, os chutes passaram ao lado, e o time da casa conquistou mais um importante resultado.             Vídeo: Youtube

veja também