MENU

América-MG e Palmeiras duelam com escritas a serem quebradas

América-MG e Palmeiras duelam com escritas a serem quebradas

Atualizado: Quinta-feira, 7 Julho de 2011 as 11:29

Mauro Fernandes e Felipão se enfrentam na quinta

(Foto: Montagem sobre foto da Ag. Estado)

  América-MG e Palmeiras querem mudar um pouco das próprias histórias nesta quinta-feira, às 21h, em Sete Lagoas. As duas equipes precisam quebrar marcas se quiserem vencer e melhorar na tabela do Campeonato Brasileiro: enquanto o Coelho nunca bateu o rival pela competição nacional, o Verdão ainda busca seu primeiro triunfo fora de casa. Em oito confrontos entre os rivais pelo Brasileirão, foram cinco vitórias palmeirenses e três empates.

O América precisa acabar com essa escrita para tentar sair da incômoda zona de rebaixamento. Ainda é a oitava rodada, claro, mas a preocupação já começa a rondar o elenco e o técnico Mauro Fernandes. Com apenas cinco pontos em sete jogos, o time vê os adversários se distanciarem e provocarem alerta em Belo Horizonte. Jogando na Arena do Jacaré, o time só venceu na estreia, diante do Bahia.

Por outro lado, o Palmeiras tenta a primeira vitória longe de São Paulo para manter a meta de pontos pretendida por Felipão. Em caso de triunfo, o time chega a 17 pontos e fica um acima da projeção do técnico para a oitava rodada. Hoje com 14, o Verdão está na briga pelas primeiras posições - que dão, no mínimo, uma vaga na Taça Libertadores do ano que vem. Nos três jogos fora de casa, a equipe obteve dois empates (Cruzeiro e Internacional) e saiu derrotada uma vez, para o Ceará.     O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances em Tempo Real a partir das 21h. O SporTV e o PFC transmitem o duelo para todo o Brasil. A arbitragem fica por conta de Pablo dos Santos Alves (ES), auxiliado por José Maciel Linhares (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES).

América-MG: ocupando o 18º lugar, o Coelho só pode pensar em sair da Arena do Jacaré com três pontos. O time do técnico Mauro Fernandes, que conseguiu sua única vitória na primeira rodada, vem de duas derrotas (para Flamengo e Santos).

Palmeiras: a manutenção da boa fase no Brasileirão e, principalmente, a busca pela primeira vitória fora de casa neste campeonato. Até agora, o time empatou duas vezes (Cruzeiro e Internacional) e perdeu uma (Ceará).

América-MG: o time deve iniciar o jogo com Flávio, Marcos Rocha, Anderson, Gabriel e Gilson; Leandro Ferreira, Amaral, Rodriguinho e Fabrício (Dudu); Alessandro e Fábio Júnior.

Palmeiras: Felipão vai manter boa parte da equipe que venceu o Atlético-GO por 2 a 0, na última quinta-feira. Ainda sem Kleber, Wellington Paulista segue como titular no ataque. As únicas mudanças são na defesa: poupado, o goleiro Marcos dá lugar a Deola; e Rivaldo substitui Gabriel Silva, convocado para a Seleção sub-20. O time: Deola, Cicinho, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Lincoln e Luan; Maikon Leite e Wellington Paulista.

América-MG: ninguém. Todos os jogadores estão à disposição de Mauro Fernandes.

Palmeiras: Kleber, ainda se recuperando de um edema na coxa esquerda, segue em tratamento. Gabriel Silva, com a Seleção sub-20, foi liberado, mas só joga contra Santos e Flamengo antes de retornar à concentração. O goleiro Marcos será poupado para o clássico de domingo. Valdivia, na seleção chilena, também é baixa.

América-MG: Alessandro, Dudu, Fábio Júnior, Gabriel Santos e Marcos Rocha.

Palmeiras: Kleber, Patrik, Thiago Heleno e Wellington Paulista.

América-MG: na estreia do América-MG neste Brasileirão, na única vitória do Coelho até agora, contra o Bahia, Alessandro disse que a estrela dele sempre brilha. E é sem essa modéstia, e com fome de gols, que o atacante promete entrar em campo. O jogador marcou quatro gols nas sete partidas do Coelho neste campeonato.

Palmeiras: Maikon Leite estreou muito bem e fez um gol na vitória sobre o Atlético-GO, na quinta-feira passada. O jogador já é um dos queridinhos de Felipão e será a principal arma de um setor ofensivo que não terá o capitão Kleber, machucado. Maikon é a válvula de escape pelo lado direito.

Mauro Fernandes (técnico do América-MG) : “Com essa alteração na formação do time que estou fazendo, não se trata de uma equipe mais ofensiva, e sim mais criativa. Com a possível entrada do Fabrício, sabemos da técnica dele e da diferença que faz em campo. Não espero jogo fácil. Os times do Felipão são sempre complicados, e nesta quinta não será diferente. Agora, espero do América-MG uma maior qualidade nas finalizações, mais calma na hora de dominar a bola. Estamos criando, mas isso não é suficiente. Futebol vive de resultados ”.   Luiz Felipe Scolari (técnico do Palmeiras) : "Se olharem o jogo contra o Santos, o América teve sete ou oito chances de gol. Perderam alguns jogos por azar. Se queremos estar no bolo, precisamos somar pontos, e com uma vitória em Sete Lagoas ficamos com um ponto a mais do que sonhamos para este momento".

* Quem venceu mais? Confira o histórico do confronto na Futpédia

* O último confronto pela Série A ocorreu há quase dez anos, em agosto de 2001. Na ocasião, o Verdão venceu por 3 a 1 e um dos gols palmeirenses, curiosamente, foi de Fábio Júnior, hoje atacante do América.

* O América precisa tomar cuidado no início do jogo. Afinal, é o que mais leva gols nos primeiros 15 minutos das partidas do Brasileirão. Dos 15 gols que levou, seis foram nessa fase inicial.

* Desde a segunda rodada, o América figura abaixo da décima terceira posição. No mesmo período, o Verdão nunca deixou o grupo dos três primeiros colocados.

O último encontro foi há pouco mais de sete anos, em 28 de junho de 2003, pela Série B. O América-MG estava no segundo ano consecutivo disputando a Segundona, após a queda da Série A em 2001. Os paulistas estavam em um ano complicado, já que era o primeiro do Palmeiras na Série B. Os 3 a 0 sobre o Coelho, em pleno Independência, ajudaram na caminhada que deu o acesso e o título ao Palmeiras.            

veja também