MENU

Anderson Aquino: de terceira opção a herói do Coxa na semifinal

Anderson Aquino: de terceira opção a herói do Coxa na semifinal

Atualizado: Quinta-feira, 26 Maio de 2011 as 2

A vida do atacante Anderson Aquino mudou – e muito – entre janeiro e a noite da última quarta-feira. Reserva de Leonardo e Marcos Aurélio no início do ano, o camisa 11 fez o gol da vitória alviverde sobre o Ceará, garantiu a classificação do Coxa à decisão  e se tornou o artilheiro da equipe na Copa do Brasil com quatro gols.

O jogador de 24 anos aproveitou as oportunidades que surgiram com as lesões de Marcos Aurélio, que deve ficar mais duas semanas fora, e de Leonardo, titular no início da temporada e que não recuperou a vaga depois que voltou.

Na Copa do Brasil, Aquino fez seus quatro gols em nove jogos – supera Bill, com quem dividia a artilharia do time no torneio. Porém, demonstrou humildade e dividiu o gol contra o Vozão com todo o grupo.

- Um gol importante, decisivo, ficou na história, mas tem que ressaltar o grupo inteiro. Eu fiz o gol, mas quem ganha é o Coritiba. O Rafinha evitou a saída da bola, então o mérito é dele também. Fico feliz.

Anderson Aquino comemora gol do Coritiba contra o Ceará (Foto: Ag. Estado)

  O atacante, que já passou pelos rivais Atlético-PR e Paraná Clube, além de Sport, Goiás e Olimpi Rustavi-GEO, destacou a importância de não se abater ao perder um gol.

- Você erra e logo em seguida já vai de novo. O pensamento é sempre esse, só assim você vence. Se você baixar a cabeça na primeira bola errada, no primeiro gol que você perde, acaba destruindo o jogo. E às vezes você tem tempo para fazer os gols.

Aquino, substituído por Willian aos 29 minutos do segundo tempo, saiu de campo aplaudido de pé pela torcida coxa-branca.

- A gente tem que continuar assim porque vem dando certo.        

veja também