MENU

"Andrés é um são-paulino reprimido", diz dirigente

"Andrés é um são-paulino reprimido", diz dirigente

Atualizado: Sexta-feira, 5 Agosto de 2011 as 9:53

Jesus Lopes "agradece" presidente do Corinthians (foto) por dar mais visibilidade ao clube tricolor     Ao saber da previsão de Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, de que Adriano estreará pelo time alvinegro antes de Luís Fabiano pelo São Paulo, o vice-presidente tricolor, João Paulo de Jesus Lopes, contra-atacou no que chamou de "corrida das muletas".

"O Andrés é uma figura, um são-paulino reprimido. Só pensa naquilo, que é o São Paulo Futebol Clube. Eu o respeito por nos dar visibilidade", provocou o dirigente, em entrevista à rádio Bandeirantes.

Principais contratações das equipes paulistas para o Campeonato Brasileiro, os dois atacantes ainda não têm previsão de estreia.

Luís Fabiano se recupera de sua segunda cirurgia desde que retornou ao clube - para ajudar a cicatrização de um corte em tendão próximo ao joelho direito. Já Adriano rompeu tendão do tornozelo esquerdo em abril.

Comissão técnica física

Após alfinetar o rival, Jesus Lopes disse que a demissão do preparador físico Riva Carli nada tem a ver com a insatisfação com seu trabalho. E negou a relação da contratação de José Mário Campeiz com o técnico Adilson Batista, que trabalha com o preparador desde seu primeiro clube.

"Estamos adequando a preparação física à estrutura de saúde que estamos formando no São Paulo. E o novo preparador é funcionário do clube por um período independente do treinador", argumentou.          

veja também