MENU

Andressa Fernandes e Bruno Mendonça voltam ao Brasil

Andressa Fernandes e Bruno Mendonça voltam ao Brasil

Atualizado: Sexta-feira, 26 Março de 2010 as 12

Os judocas santistas Andressa Fernandes e Bruno Mendonça, da AJ Rogério Sampaio/Telefonica, chegaram hoje (quarta-feira – dia 24/3), pela manhã, ao Brasil, depois de conquistar medalhas nos Jogos Sul-Americanos de Medelin, na Colômbia, no último final de semana. Andressa foi ouro na categoria meio-leve (até 52 kg) e prata na disputa por equipes. Já Bruno trouxe o bronze da leve (até 73 kg) e a prata por equipes.

 "Foi tudo muito bom mesmo. Eu já conhecia o estilo da chilena e da colombiana, que enfrentei nas primeiras lutas, e entrei sabendo o que fazer", conta a atleta do Projeto Judô em Ação. "Nunca tinha lutado com a venezuelana, mas, apesar de ter machucado o joelho na primeira luta, consegui vencer e, finalmente, voltar com a medalha de ouro dos Jogos Sul-Americanos", festeja a judoca, que colecionava duas medalhas de prata na competição continental.

O foco de Andressa Fernandes agora será a preparação para a Copa do Mundo, em São Paulo, e o Grand Slam, no Rio de Janeiro, ambos marcados para maio.

Tristeza no pódio

Mesmo tendo trazido uma medalha de prata e uma de bronze na bagagem de volta ao Brasil, o leve Bruno Mendonça declara estar chateado demais. "Eu poderia ter ido muito melhor. Dei bobeira na segunda luta, contra o equatoriano (Fernando Andres Ibanez Romero). Levei duas faltas e, depois, cai de wazari. Tinha que partir para cima e, com isso, me expus e acabei perdendo, com outro wazari", analisa. "Vacilei mesmo, tanto que, na disputa por equipes, derrubei o equatoriano de ippon rapidinho. Estava meio apático na segundo luta. O bronze valeu, mas eu tinha condições de ter trazido o ouro".

Bruno, que também integra o Projeto Judô em Ação, patrocinado pela Telefônica e Iharabrás, terá duas semanas para se preparar para o Campeonato Pan-Americano de Judô, que será disputado em El Salvador, de 8 a 10 de abril. "Espero conquistar o ouro no Pan, que já vai contar pontos para o ranking", planeja.

O Projeto Judô em Ação é desenvolvido pela Associação de Judô Rogério Sampaio com os patrocínios da Telefônica e da Iharabrás, graças a convênio entre o Governo Federal, por intermédio do Ministério do Esporte, e a AJRS, autorizado pela Lei de Incentivo ao Esporte.

Por: Myrian Rosário

veja também