MENU

Andrezinho, um 'gol manco', um homem Gre-Nal: 'Sou predestinado'

Andrezinho, um 'gol manco', um homem Gre-Nal: 'Sou predestinado'

Atualizado: Segunda-feira, 16 Maio de 2011 as 4:36

Fazer gol em Gre-Nal não é coisa pouca. Somar três bolas na rede no clássico já é um feito expressivo. E pensar que um deles foi com uma perna só, com a outra completamente detonada, deixa a marca ainda mais diferenciada. O protagonista dos feitos é Andrezinho, um novo homem Gre-Nal, um das figuras mais decisivas do Inter no título conquistado neste domingo, no Olímpico. Sem condições de jogo, mancando, se arrastando em campo, ele fez o segundo gol colorado na vitória de 3 a 2 sobre o Grêmio.

Andrezinho com bandeira do Inter: sorriso solto depois do título (Foto: Alexandre Alliatti/Globoesporte.com)

  Foi um dos lances mais esquisitos da história recente dos Gre-Nais. Quando o primeiro tempo engatinhava para seu final, Zé Roberto cobrou escanteio, a bola sobrou na entrada da área e Andrezinho enquadrou o corpo, com uma perna inteira e outra machucada, para mandar o chute – desferido, claro, com a perna boa, a direita. O movimento na rede foi a senha para o jogador sair comemorando. Ou tentar...

- Eu lembro que tinha perguntado quanto tempo faltava para terminar o primeiro tempo. Quando vi, sobrou aquela bola, e eu consegui colocar um chute preciso. Fui sair correndo para comemorar, mas não consegui. Estava doendo muito. Comemorei mancando – comentou o jogador nesta segunda-feira, rindo da própria situação.

Andrezinho foi ao vestiário tomado de dor no intervalo. Lá, tomou uma injeção. E decidiu voltar a campo mesmo assim, para ser substituído pouco depois. Foi feio o lance em que ele se machucou, em uma entrada de Fábio Rochemback.

- Foi esse o combinado, de eu voltar, porque não tinha tido tempo de aquecer, mas eu sabia que não teria como continuar. A dor era maior do que a vontade ali – disse Andrezinho.

Andrezinho vive bom momento no time do Inter (Foto: Alexandre Alliatti/Globoesporte.com)

  Andrezinho já trilha uma boa história nos duelos com o Grêmio. Foi o terceiro gol dele em clássicos. O jogador já pode entrar no grupo denominado de “homens Gre-Nal” no Rio Grande do Sul – exclusividade daqueles que fazem gols repetidas vezes no encontro dos eternos rivais de Porto Alegre.

- Acho que sou predestinado, né? Não tem como dizer que não é diferente. É muito diferente fazer um gol no maior rival do Inter. E foram gols importantes, em finais. Nesse último, se fôssemos para o intervalo com o jogo em 1 a 1, ficaria muito mais difícil para nós.

Nesta segunda-feira, Andrezinho ainda mancava. E muito. Ele tem dores abaixo do joelho, na perna esquerda. Fará exames nesta terça. O jogador corre risco de ficar fora da estreia do Inter no Brasileirão, sábado, contra o Santos. Está claramente preocupado.

- Não é hora de eu me machucar. O grupo do Inter é muito forte. Não pode dar espaço.

Andrezinho é titular do Inter desde a chegada de Paulo Roberto Falcão. Se não for derrubado pelas dores, seguirá assim no sábado. Mas, pensando bem, há dias em que uma perna só resolve...

- Nunca tinha feito um gol manco...

Jogador segue com dores e será reavaliado nesta terça-feira (Foto: Alexandre Alliatti/Globoesporte.com)        

veja também