MENU

Anelka, pivô de confusão da Copa do Mundo, é suspenso por 18 jogos

Anelka, pivô de confusão da Copa do Mundo, é suspenso por 18 jogos

Atualizado: Terça-feira, 17 Agosto de 2010 as 2:38

A Federação Francesa de Futebol se reuniu, nesta terça-feira, para decidir as punições aos jogadores que se rebelaram contra o técnico Raymond Domenech, durante a Copa do Mundo, na África do Sul. E sobrou para o atacante Anelka, pivô da confusão, que foi suspenso por 18 jogos pela seleção. Outros três atletas também foram suspensos: Evra, cinco jogos; Ribery, três jogos; Toulalan, um jogo. Abidal, que também fez parte do processo, foi apenas foi repreendido.

A federação entendeu que as atitudes de Anelka foram as mais graves, pois o atacante foi expulso da delegação depois de ter insultado o treinador, no intervalo da derrota com o México. Evra, que era o capitão da seleção francesa, foi responsabilizado por incentivar a greve entre os jogadores. Os demais foram punidos por suas participações nos incidentes durante o Mundial.

veja também