MENU

Antes da Libertadores, "mistão" do Cruzeiro vence o Villa Nova no Mineiro

Antes da Libertadores, "mistão" do Cruzeiro vence o Villa Nova no Mineiro

Atualizado: Segunda-feira, 8 Fevereiro de 2010 as 12

Classificado para fase de grupos da Copa Libertadores, cuja estreia será contra o Vélez Sarsfield na quarta-feira 10, o Cruzeiro voltou a usar uma equipe mesclada neste sábado, dia 6, pelo Campeonato Mineiro, mas não teve dificuldade para vencer o Villa Nova, por 4 a 2, no Mineirão, pela terceira rodada do certame estadual.

Além de se reabilitar da derrota para o Ipatinga, por 3 a 0, na rodada passada, o Cruzeiro assumiu provisoriamente a liderança do Mineiro com seis pontos. O Tupi, que goleou a Caldense por 5 a 1 em Juiz de Fora, alcançou a mesma pontuação, mas possui saldo de gols menor que time celeste. O Villa Nova, com apenas um ponto somado, se manteve próximo da zona de rebaixamento ao Módulo II.

Depois da goleada histórica sobre o Real Potosí, por 7 a 0, na quarta-feira passada, na fase preliminar da Copa Libertadores, o Cruzeiro se classificou para a etapa de grupos. O primeiro compromisso será contra os argentinos do Vélez Sarsfield, quarta-feira, na Argentina.

O Cruzeiro entrou em campo com um time mesclado para enfrentar o Villa Nova. Dos titulares, apenas o goleiro Fábio, o zagueiro Leonardo Silva e o lateral-esquerdo Diego Renan - além de Wellington Paulista, que iniciou o ano na reserva, mas tem sido bem aproveitado - iniciaram a partida.

Assista aos gols da partida:

Apesar de poupar vários titulares - Kléber, Gilberto e Henrique sequer foram relacionados -, o Cruzeiro foi superior ao adversário no primeiro tempo. Logo aos 7min Wellington Paulista abriu o placar no Mineirão, com um toque de cabeça na pequena área.

Com três atacantes em campo (Allan, Fabinho e Marinho), o Villa Nova tentou reagir na partida. Mas o Cruzeiro manteve o ritmo e chegou ao segundo gol aos 29min, com o meia Bernardo, que aproveitou uma roubada de bola do zagueiro Cláudio Caçapa.

O time visitante conseguiu, no entanto, diminuir com Marinho em cobrança de pênalti. No lance que originou a infração, o árbitro marcou falta do lateral-direito Marcos, que recebeu o cartão amarelo, no atacante Fabinho.

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou com duas mudanças: o atacante Thiago Ribeiro e o volante Marquinhos Paraná, que são titulares, entraram nos lugares de Anderson Lessa, que teve uma estreia discreta, e Marcos, respectivamente.

O Cruzeiro chegou ao terceiro gol aos 19min. Thiago Ribeiro ganhou do zagueiro Bruno Lourenço no corpo, invadiu a área e bateu forte para ampliar para o time da casa. Com o adversário batido, o time celeste administrou o resultado e chegou ao quarto gol.

Depois de bola jogada de Thiago Ribeiro, que invadiu a área e cruzou para trás, Wellington Paulista deixou a bola passar para Jonathan, que chutou forte de esquerda para ampliar. Aos 43min, Warley chutou de fora da área para diminuir para o Villa Nova.

Na próxima rodada do Mineiro, o Cruzeiro vai a Poços de Caldas, no Sul de Minas, para enfrentar a Caldense no sábado de Carnaval. Antes disso, na quinta-feira 11, o Villa Nova recebe o Ituiutaba em Nova Lima.

veja também