MENU

Apesar da chegada de Felipão, corpo ainda pode fazer Marcos parar

Apesar da chegada de Felipão, corpo ainda pode fazer Marcos parar

Atualizado: Quarta-feira, 14 Julho de 2010 as 9:06

A proximidade da chegada de Luiz Felipe Scolari tem mexido com torcedores e jogadores do Palmeiras. Único remanescente da época em que o treinador esteve no clube, no fim dos anos 90, o goleiro Marcos afirma que está animado com a chance de voltar a trabalhar com Felipão. No entanto, essa motivação ainda não é suficiente para que o atleta reveja a sua aposentadoria, que pode ocorrer no fim desta temporada.

Há quase duas décadas no Palmeiras, Marcos colecionou inúmeras lesões na carreira. Tíbia, punho, tornozelo e clavículas foram alguns dos pontos que já fizeram o goleiro sofrer com as dores. Marcos tem mais quatro anos de contrato com o Palmeiras, sendo válido como atleta até o fim de 2011. O goleiro de 36 anos teme que seu corpo, marcado por cirurgias e lesões graves, não aguente mais uma temporada, apesar da animação com a chegada de Felipão e a perspectiva de ter um time mais competitivo.

- A chegada do Felipão anima não só a mim, mas a todos os torcedores e jogadores. É um treinador de ponta com experiência e uma carreira vitoriosa. Se ele aceitou vir é porque o Palmeiras está pensando grande. Isso me anima, é claro. Mas meu problema nunca foi motivação, mas sim parte física. Se estiver com problemas, é importante saber a hora de parar. Não posso só aparecer e jogar de vez em quando em um time com tanta cobrança. Se estiver em uma condição excelente e com o time que o Palmeiras pensa em montar, posso permanecer - disse o experiente arqueiro.

Marcos realizou uma artroscopia no joelho esquerdo há menos de um mês. Apesar de não sentir mais dores na região, o atleta ainda não sabe se atuará contra o Santos, nesta quinta-feira, no Pacaembu, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

- Treinei com bola e estava indo bem. Como não tenho dor nenhuma, dei uma dosada no treino e amanhã vou ver com o Murtosa (auxiliar de Felipão que está comandando o time) e o Pracidelli (preparador de goleiros) - afirmou o arqueiro.

veja também