MENU

Apesar da vitória, Benazzi diz que o Avaí ainda está longe do ideal

Apesar da vitória, Benazzi diz que o Avaí ainda está longe do ideal

Atualizado: Segunda-feira, 14 Fevereiro de 2011 as 8:56

A suada e empolgante vitória do Avaí sobre o Concórdia por 4 a 3, de virada, no último sábado, não foi suficiente para animar Vagner Benazzi. Segundo ele, a equipe está longe do ideal, mas, por outro lado, o técnico já comemora o tempo que terá para treinar o time. Fora das semifinais do Campeonato Catarinense, o Leão da Ilha volta a campo no próximo dia 23, quando vai a Rondônia enfrentar o Vilhena pelo jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil.

— Sei que o meu trabalho ainda está longe de ser aquele para fazer a equipe errar menos passes, chegar com mais jogadores à frente, ter uma melhora defensiva na bola parada. Tudo isso precisa ser treinado, e até agora não foi possível devido à recuperação dos jogadores dentro do campeonato. Nós estamos mais conversando do que treinando, mas a vontade e a determinação são muito importantes.

Técnico nega proposta oficial do Juventude

Em meio à evolução do Avaí no estadual - a equipe está invicta há cinco partidas, com três vitórias e dois empates - Benazzi tem de lidar com o rumor de que poderia trocar o Leão da Ilha pelo Juventude. Ele, no entanto, nega a possibilidade e vai além: diz que só sai do time catarinense se o presidente Zunino demiti-lo.

— Não vou entrar em fria, porque no dia que eu quiser ir para o Juventude eu vou. O time foi muito importante na minha carreira. Fui capitão nos três anos que joguei lá, e neste período o Grêmio e o Inter sempreme quiseram, mas sempre fiquei no Juventude. Agora, não tive proposta, houve só um contato, e eu falei que não existia nada até porque tinha acabado de assinar contrato. Só vou sair se o presidente me mandar embora — garantiu.

Pelo estadual, o Avaí volta a jogar somente no dia 5 de março, na primeira rodada do segundo turno, contra a Chapecoense, no Índio Condá.

veja também