MENU

Apesar das críticas, Adidas informa que não mudará a bola da Copa

Apesar das críticas, Adidas informa que não mudará a bola da Copa

Atualizado: Segunda-feira, 31 Maio de 2010 as 8:31

Antes mesmo de rolar para África do Sul e México, a Jabulani, bola oficial da Copa do Mundo, já recebeu uma avalanche de críticas. Foi classificada como "bola de supermercado" por Júlio César, "bola de futebol de praia" pelo goleiro chileno Cláudio Bravo, e irritou ainda Buffon, da Itália, e Casillas, da Espanha. Conseguiu a desaprovação também de jogadores de outras posições, como o meia Julio Baptista e o atacante Luis Fabiano, que a considerou "mais um adversário na Copa". Apesar das críticas quase unânimes, a Jabulani permanecerá como a bola oficial do torneio, segundo informou ao GLOBOESPORTE.COM Zobuzee Ngobese, gerente da Adidas na África do Sul, a fabricante da bola.

Indicado pelo Comitê Organizador do Mundial para falar sobre o assunto, Ngobese explicou que a Jabulani passou por diversos testes antes de ser aprovada pela Fifa.

- Não há planos para trocar a Jabulani por outra bola. Ela passou por provas rigorosas da Fifa, foi testada com grandes jogadores de ligas importantes da Europa e a resposta que recebemos foi bastante positiva. Se você olhar as Copas de 2002 e 2006 verá que reclamações sobre a bola antes do início do Mundial não são novas. Temos certeza sobre a qualidade da Jabulani. Ela é a bola aprovada pela Fifa e será usada na Copa - informou Ngobese.

veja também