MENU

Após 37 anos, Fittipaldi 'voa' com Lotus por São Paulo e leva multa

Após 37 anos, Fittipaldi 'voa' com Lotus por São Paulo e leva multa

Atualizado: Terça-feira, 2 Novembro de 2010 as 12:10

  Antes de entrar no carro, a ansiedade de um menino. Com o motor ligado, a velocidade de antigamente. Na manhã desta terça-feira, Emerson Fittipaldi relembrou os velhos tempos e pilotou a mesma Lotus 72 com que conquistou sua primeira vitória, em 1970, e seu primeiro título, em 1972, na Fórmula 1. O bicampeão mundial acelerou pelas ruas de São Paulo, chegou a 250 km/h e, ao passar por um radar, disse ter levado uma multa. Sem problemas. “Manda para a sede da Lotus”, brincou.

Emerson andou bem com o modelo, que já tinha 40 anos de idade. Apesar disso, a Lotus deu duas engasgadas: na descida da ponte estaiada e na chegada ao hotel, pouco antes de parar o carro. O brasileiro, em conversa com os mecânicos do Classic Team Lotus, perguntou sobre o problema, que teria sido causado por uma mistura muito pobre de combustível. Ou seja, nada dramático. Na chegada, Emerson não escondeu o choro. Emocionado, o piloto ressaltou as conquistas na Fórmula 1.

Confira galeria de fotos do evento

  Emerson Fittipaldi pilota a Lotus na ponte estaiada, em São Paulo (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)  

Emerson recebe orientações na Lotus

(Foto: João Gabriel Rodrigues / Globoesporte.com)   - É muita emoção, muita coisa boa na memória. Foi com esse carro que tive a minha primeira vitória, meu primeiro título. Nunca imaginei andar com ele pela Marginal. É emocionante. Entre tantos lugares que andei com ele pelo mundo, voltar a andar aqui, como da última vez, em 1973, é especial. A gente já se entende.

Emerson saiu de um shopping na Marginal Pinheiros, passou pela ponte estaiada e terminou em um hotel de luxo no Brooklin Novo, na zona sul da cidade. O evento foi uma homenagem à sua primeira vitória na categoria, ocorrida há 40 anos em Watkins Glen, no estado de Nova York, nos EUA. O chassi da Lotus era o mesmo, mas a pintura era vermelha e branca.

O GP do Brasil, neste domingo, é o penúltimo da temporada 2010, que termina com a corrida em Abu Dhabi, no dia 14 de novembro. Cinco pilotos ainda têm chances matemáticas de conquistar o título: Fernando Alonso, Mark Webber, Lewis Hamilton, Sebastian Vettel e Jenson Button. O espanhol é o único que pode ser campeão no Brasil.

  Por João Gabriel Rodrigues e Rafael Lopes São Paulo

veja também