MENU

Após Brasileiro, Palmeiras se reúne com Marcos para definir despedida

Após Brasileiro, Palmeiras se reúne com Marcos para definir despedida

Atualizado: Sexta-feira, 25 Novembro de 2011 as 3:10

Marcos fora de campo: marketing será importante

para o Palmeiras em 2012 (Foto: Divulgação) Marcos não joga mais em 2011, mas ainda dá esperanças ao torcedor do Palmeiras de que pode estar em campo pelo menos em um jogo da próxima temporada. Fora dos clássicos contra São Paulo e Corinthians, nos dois próximos domingos, o goleiro aguarda um contato do presidente Arnaldo Tirone para ter seu contrato estendido por pelo menos mais dois meses. A intenção é cumprir ações de marketing pendentes e fazer um jogo de despedida – não amistoso, mas sim oficial.

O Palmeiras planeja utilizar a imagem do ídolo na próxima temporada e o quer até no centenário, em 2014, e na inauguração da Arena Palestra, um ano antes. Marcos já se dispôs a fazer o que a diretoria sugerir, o que facilita um acordo. No entanto, Tirone só vai chamar o goleiro para conversar depois do fim do Campeonato Brasileiro.

– Não tem nada, nada mesmo. Ainda vamos sentar para conversar e resolver depois do campeonato, mas claro que o Marcos merece um tratamento especial – disse o presidente.

Um trunfo para o acordo é o gerente de futebol César Sampaio, amigo antigo de Marcos. O dirigente tem conversado bastante com o goleiro sobre o momento da aposentadoria, já que viveu isso há alguns anos. Sampaio ainda garantiu que dará todo o apoio para qualquer decisão do ídolo, que já sabe que vai seguir no clube – só a função está indefinida. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Marcos falou de seus planos. – Como tem uma série de eventos de marketing no Palmeiras, estávamos pensando numa renovação com salário simbólico para eu poder fazer um jogo de despedida decente ou talvez até jogar o Paulista. Estamos pensando em um monte de coisas, até numa possível renovação, por dois ou três meses mesmo e terminar essa parte de marketing. Queria fazer um jogo oficial, não amistoso de despedida, vamos ver – disse o “Santo”.

O técnico Luiz Felipe Scolari também é favorável à permanência de Marcos, principalmente como consultor fora de campo. Para os dois jogos finais do Brasileirão, Deola está praticamente confirmado. Tranquilo, Marcos apenas vai aguardar a reunião para definição de seu futuro. Enquanto isso, ele treina e fica no ambiente que mais aprecia.

– Vou ficar no Palmeiras trabalhando, mas quanto mais eu puder permanecer dentro de campo, melhor. Mas vamos definir no final do ano. Se a diretoria achar que é melhor eu parar, aceito sem problemas – disse o goleiro.          

veja também