MENU

Após consultor culpar Webber, chefe divide responsabilidade

Após consultor culpar Webber, chefe divide responsabilidade

Atualizado: Terça-feira, 1 Junho de 2010 as 4:43

Após o Grande Prêmio da Turquia, Helmut Marko, consultor da Red Bull, responsabilizou o australiano Mark Webber pelo incidente com o alemão Sebastian Vettel. Em uma entrevista divulgada pela própria Red Bull nesta terça-feira, Christian Horner, chefe da equipe, divide a culpa entre os dois pilotos.

''Nós vencemos como equipe e perdemos como equipe. No domingo, perdemos como uma equipe, como consequência do incidente de nossos dois pilotos. Analisando todas as informações, fica claro que foi um acidente que não deveria ter acontecido entre dois companheiros de equipe'', declarou.

De acordo com Horner, duas voltas antes do acidente Webber passou a economizar combustível, o que custava ao australiano 0s18 por volta. Desta forma, Vettel se aproximou e tentou a ultrapassagem, sem sucesso. ''Em última instância, os dois pilotos deveriam ter dado mais espaço um ao outro'', contemporizou.

Com dois dias para analisar o incidente e as circunstâncias em torno dele, o chefe da Red Bull garante que a equipe como um todo, inclusive o consultor Helmut Marko, acredita que os dois pilotos foram responsáveis pelo que aconteceu na mesma medida.

''Somos uma equipe muito forte e vamos discutir isso abertamente com os pilotos com o objetivo de aprender com o que aconteceu e evitar que se repita. Os dois pilotos são pessoas inteligentes e essa questão será resolvida antes do Grande Prêmio do Canadá (marcado para o dia 13 de junho'', afirmou Horner.

Um dos pontos que será esclarecido entre os pilotos é a atitude de Vettel, que ao descer do carro sugeriu através de gestos que seu companheiro estaria louco. ''Ele estava na adrenalina e obviamente há uma grande frustração quando você acabou de sair de uma corrida'', declarou.

O diretor também negou um suposto favorecimento ao jovem e promissor Vettel em detrimento do veterano Webber. ''Os dois pilotos, como sempre, continuarão a receber um tratamento igual. O Grande Prêmio da Turquia foi uma lição dura para os dois e estamos confiantes que essa situação não acontecerá novamente'', disse.

veja também