MENU

Após descanso, Elano volta ao time. Muricy ainda não divulga quem sai

Após descanso, Elano volta ao time. Muricy ainda não divulga quem sai

Atualizado: Segunda-feira, 18 Abril de 2011 as 4:18

Vindo da Europa, Elano está em fim de temporada (Foto: Ricardo Saibun / Site Oficial do Santos)

  Após passar uma semana apenas treinando, o meia Elano está confirmado entre os 11 santistas que iniciam a decisiva partida contra o Deportivo Táchira-VEN, nesta quarta-feira, às 19h30m (horário de Brasília), no Pacaembu, pela Taça Libertadores. O Peixe precisa de uma vitória sobre os venezuelanos, já eliminados, para avançar às oitavas de final.

Elano não atuou contra o Cerro Porteño-PAR, quinta-feira passada, em Assunção, pela competição continental, e contra o Paulista, domingo, na Vila Belmiro, pelo Paulistão, porque estava suspenso. Com isso, pôde aprimorar sua forma física, que estava defasada. Elano chegou ao Peixe no fim do ano passado vindo da Turquia. Está em ritmo europeu. Ou seja, para ele, a temporada está no fim.

Muricy Ramalho afirma que o jogador sentia dificuldades por conta disso, mas acredita que, com essa semana livre, o experiente meia vai se apresentar melhor nesta quarta.

- O Elano teve uma semana inteira para melhorar a parte física e, com certeza, vai render mais. O futebol de hoje é assim mesmo. A técnica é fundamental, mas o físico conta demais. É um jogador importante no toque de bola e deve jogar - confirmou o treinador.     O comandante alvinegro só não divulga no lugar de quem Elano entra. Ele gostou muito do comportamento da equipe contra o Cerro, com um meio de campo formado por Adriano, Arouca, Danilo e Paulo Henrique Ganso: um estilo pegador e dinâmico, com Arouca e Danilo roubando bolas e saindo em velocidade. A tendência é que Adriano saia, Arouca seja recuado para a posição de primeiro volante, formando um trio com Danilo e Elano. Eles darão apoio a Ganso, que terá total liberdade para armar, sem precisar voltar muito para roubar bolas.

- Temos de ter jogadores de sustentação no meio de campo para deixarmos Ganso e Neymar livres para jogar - concluiu Muricy.        

veja também