Após dias de popstar, Fla faz 'show' contra o Murici em Maceió

Após dias de popstar, Fla faz 'show' contra o Murici em Maceió

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:55

Aeroporto lotado, treino com mais de cinco mil rubro-negros. Depois de curtas aparições, o Flamengo entra em campo nesta quarta-feira para o esperado espetáculo contra o Murici, em Maceió. O duelo é a estreia das duas equipes na Copa do Brasil e começa às 22h (de Brasília, 21h no horário local), no Rei Pelé.

A passagem pela capital alagoana tem semelhanças à de uma banda pop. São gritos histéricos, pedidos de fotos e autógrafos dia e noite. E o vocalista, o mais desejado, não poderia ser outro: Ronaldinho.

O camisa 10 e capitão rubro-negro soube conquistar. Chegou à cidade sorridente, acenando para os fãs. Na atividade de reconhecimento no estádio Rei Pelé, deixou o gramado fazendo embaixadinhas e chutou a bola para as arquibancadas. Os torcedores foram ao delírio.     Os 17.600 ingressos colocados à venda estão esgotados à espera do verdadeiro show de Ronaldinho e sua trupe. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real, com vídeos, e a TV Globo transmite para os estados do RJ, SC, ES, GO, TO, MS, MT, SE, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, RR, AC, AP e DF, além da cidade de Petrolina-PE.

O árbitro do duelo será Jailson Freitas-BA, com os auxiliares Belmiro da Silva e Adailton Silva.

Murici – fundado em 1998, o clube da cidade de Murici, a 55 km da capital Maceió, disputa a primeira partida contra equipes de fora do estado em competições oficiais. Apesar de jogar “em casa”, o time terá um estádio inteiro torcendo contra. O objetivo traçado é garantir a viagem ao Rio de Janeiro na próxima semana.

Flamengo – a equipe apertou o botão de “pausa” no Campeonato Estadual e voltou as atenções para a Copa do Brasil. Sem poupar atletas para a semifinal da Taça Guanabara contra o Botafogo, a ideia de Vanderlei Luxemburgo é vencer por dois ou mais gols de diferença e desta forma evitar a partida de volta, dia 24 de fevereiro, no Rio de Janeiro.

Murici – O técnico Gilmar Batista escala o Murici no 4-4-2 clássico para tentar estragar a planejada festa do Flamengo. O jogador mais conhecido da equipe é o meia Bilu, ex-Figueirense e Atlético-MG. Dias, Alex (Edvaldo), Nado, Sinval e Paulinho; Serginho, Gueba, Bilu (Gustavo) e Everlan; Franco e Alexsandro.

Flamengo – Vanderlei Luxemburgo terá a volta de dois jogadores que estavam suspensos na última rodada do Estadual: o zagueiro Welinton e o volante Maldonado. Saem, respectivamente, Jean e Fernando. Renato também tem chance de voltar. Porém, o meia sofreu uma pancada no joelho esquerdo no treino de terça-feira e será reavaliado no dia do jogo. Marquinhos é o mais cotado para substituí-lo. Depois de trocar de esquema nas últimas rodadas, o treinador rubro-negro optou por manter Ronaldo Angelim na lateral esquerda. Escalação: Felipe; Léo Moura, Welinton, David Braz e Ronaldo Angelim; Willians, Maldonado, Marquinhos, Thiago Neves e Ronaldinho; Deivid.

Murici – Alexsandro é a principal esperança do time alagoano para garantir a segunda partida, no Rio de Janeiro. O atacante fez o gol do título do Estadual de 2010 e foi poupado na última rodada para entrar 100% contra o Flamengo.

Flamengo – Deivid começou o ano pressionado pela torcida e por seu reserva, Wanderley. Mas Vanderlei Luxemburgo manteve o atacante no time titular e conseguiu a resposta: nos últimos quatro jogos, foram três gols e um pênalti sofrido.

Gilmar Batista, técnico do Murici: “Flamengo não assusta, mas sabemos que é um jogo complicado. Nossos jogadores têm o Ronaldinho como um ídolo. Vai ser difícil para eles antes de a partida começar, pois é um jogador muito admirado. Mas vamos enfrentá-lo de igual para igual.”

  Thiago Neves, apoiador do Flamengo:   “Temos que manter esse aproveitamento de 100%, que também dá confiança. Ainda estamos atrás de evolução. Precisamos fazer um bom jogo aqui, começar bem na Copa do Brasil, com vitória. Se dermos mole, poderemos ser surpreendidos. Temos de estar com os olhos abertos. Não conhecemos o Murici, mas é o jogo da vida deles. O importante é ganhar o jogo, mesmo que por 1 a 0.”

* A última partida do Flamengo em Maceió foi na estreia da Copa do Brasil de 2004, contra o CRB. Diante de pouco mais de 11 mil pagantes, o time da casa surpreendeu e arrancou um empate por 4 a 4. O destaque do Flamengo foi o atacante Diogo, que entrou no segundo tempo e marcou três vezes.

* Quando tinha 17 anos, Dias, goleiro do Murici, foi aprovado em um teste no Vasco. Porém, com saudade da namorada, decidiu abandonar o Rio de Janeiro. O clube criou algumas dificuldades e o jogador tomou uma decisão curiosa. Deixou a capital fluminense pegando carona na boleia de um caminhão.      

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições