MENU

Após empate na altitude, Cruzeiro e Real Potosí decidem vaga no Mineirão

Após empate na altitude, Cruzeiro e Real Potosí decidem vaga no Mineirão

Atualizado: Quarta-feira, 3 Fevereiro de 2010 as 12

Para o Cruzeiro, basta passar os 90 minutos sem sofrer gols. Mas, se depender da disposição do Gladiador Kléber, a Raposa vai buscar a vitória sobre o Real Potosí, no Mineirão, nesta quarta-feira, dia 3, às 21h50m (de Brasília), na partida que definirá o último integrante do grupo 7 da Taça Libertadores da América de 2010 - ao lado de Vélez Sarsfield, da Argentina, Colo-Colo, do Chile, e Deportivo Itália, da Venezuela.

No jogo de ida, na altitude boliviana, o time mineiro saiu na frente, mas acabou cedendo o empate por 1 a 1 nos minutos finais. Em casa, um 0 a 0 dá a vaga à equipe do técnico Adilson Batista. Os bolivianos precisam de um empate de pelo menos 2 a 2 ou de uma vitória para obter a classificação. Uma nova igualdade por 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis. Quem avançar estreia na fase de grupos contra o Vélez, no dia 10, em Buenos Aires.

Com quase 16 mil ingressos vendidos até terça-feira, a expectativa é de um público superior a 30 mil espectadores no estádio. A Globo Minas transmite a partida para Minas Gerais, e o SporTV exibe o jogo para todo o país. O Globoesporte.com acompanha todos os lances do duelo em Tempo Real.

- O empate por 0 a 0 nos dá a vaga, mas vamos jogar para ganhar – avisou o atacante Kléber, após retornar de Portugal, encerrar negociações com o Porto e ser relacionado para o jogo desta noite.

Capitão pede pés no chão

Segundo Sergio Apaza, técnico do Real Potosí, os donos da casa são os favoritos. Mas, para o zagueiro celeste Leonardo Silva, apesar do bom retrospecto na capital mineira - em 51 jogos pela Libertadores no Mineirão, a Raposa soma 41 vitórias, seis empates e apenas quatro derrotas - o time precisa comprovar sua qualidade dentro de campo.

- O favoritismo está do lado de fora. Temos uma excelente equipe, que é superior, sim, mas temos de correr e lutar. É tocando a bola, rodando, que vamos mostrar superioridade. Precisamos ter muita responsabilidade e pés no chão. Será uma partida difícil, a mais importante para nós e que a gente sonha vencer para passar na Libertadores – declarou o capitão cruzeirense.

O armador Gilberto, expulso em Potosí, desfalca o Cruzeiro. O técnico Adilson Batista não divulgou quem o substituirá e tampouco a escalação da equipe. O meia Bernardo é a opção natural.

Já o Real Potosí deve sofrer duas alterações em relação ao primeiro jogo. Loyasa deve perder a vaga para o estreante meia Gutiérrez. No ataque, Andaveris pode ser escalado na vaga de Ruiz.

Por: Marcelo Machado

veja também