MENU

Após esfriar a cabeça, Andrés avisa que Tite segue no comando do Timão

Após esfriar a cabeça, Andrés avisa que Tite segue no comando do Timão

Atualizado: Segunda-feira, 19 Setembro de 2011 as 3:57

Andrés apoia manifestação da torcida

(Foto: Ag. Estado)

  O presidente do Corinthians, Andrés Sanches, evitou ir ao vestiário da equipe logo após a derrota por 3 a 1 para o Santos, no último domingo, no Pacaembu, 24ª rodada do Brasileirão. Nervoso, ele preferiu deixar o estádio para esfriar a cabeça sem falar com o técnico Tite. Nesta segunda-feira, mais calmo, o dirigente explicou que já conversou com seus diretores e repetiu o que vem dizendo há algum tempo: Tite segue no comando da equipe.

- Eu não quis passar no vestiário porque estava nervoso com a derrota. Mas já conversei como tudo mundo no clube e o Tite é o nosso treinador. Tem contrato até o fim do ano e continua normalmente - afirmou o mandatário alvinegro, durante evento em São Paulo.

Andrés defendeu o comportamento da torcida, que foi ao vestiário após a partida para exigir, entre outras coisas, a saída de Tite.

- Foram apenas três pessoas que falaram com o Edu (Gaspar, gerente de futebol corintiano). É um direito deles, têm de protestar mesmo. As portas do clube estão sempre abertas para os torcedores. É só marcar e ir lá conversar. Agora, se sair do que combinamos, não serão mais atendidos. O que não pode é ter agressão - concluiu.            

veja também