MENU

Após garantir a permanência na Série A, Avaí teme desmanche

Após garantir a permanência na Série A, Avaí teme desmanche

Atualizado: Segunda-feira, 13 Dezembro de 2010 as 8:17

Apesar de garantir a permanência na Série A, o Avaí vive um dilema parecido ao da temporada passada. O clube volta a sofrer com o desmanche ao final do Campeonato Brasileiro. Dos titulares que encerraram a temporada, poucos devem continuar no clube em 2011. O zagueiro Emerson, o lateral-esquerdo Eltinho e o meia Davi estão acertados com o Coritiba, clube que conquistou o título da Série B neste ano. Só falta a oficialização. Neste sábado, a diretoria do Coxa deu a entender que os atletas defenderão o clube no ano que vem.

Quem também não deve ficar é o meia Caio. Por telefone, ele confirmou ter recebido proposta tentadora do Cruzeiro. O contrato com o Leão terminou na última sexta, e jogador está livre para acertar a transferência.

Rudnei é um dos poucos que devem permanecer em Florianópolis. O volante vai conversar com a diretoria do Avaí na próxima semana e tem chances de continuar. Caso se confirme, o jogador seria o segundo titular a permanecer no Leão. O outro é o zagueiro Émerson Nunes, que renovou com o clube por dois anos no início da semana.

O lateral-direito Patric, que passa as férias em Criciúma, aguarda retorno do seu procurador, André Aranha, que teria viajado para Portugal a fim de definir a situação. Segundo o atleta, o Benfica não quer mais emprestá-lo, apenas negociá-lo em definitivo.

A lista de especulações é extensa, e a chegada do superintendente de esportes Mauro Galvão, na próxima segunda-feira, talvez possa mudar esse cenário. Até lá, os avaianos terão de torcer pela chegada de dias melhores.

Situação dos titulares

Renan — entrou em atrito com a direção. Deve ser emprestado.

Patric — depende de um acordo com o Benfica

Émerson Nunes — renovou por dois anos

Emerson — vai para o Coritiba

Eltinho — também deve ir para o Coritiba

Diogo Orlando — empréstimo terminou sexta. Sua permanência depende da LA Sports

Rudnei — contrato terminou sexta. Vai negociar a permanência

Batista — tem contrato até 31 de dezembro. Não deve ficar

Caio — negocia com o Cruzeiro. Dificilmente ficará

Robinho — estava emprestado pelo Santos e não ficará também

Vandinho — contrato termina no dia 31 de dezembro, mas a falta de gols e o comportamento fora de campo prejudicam o atleta

veja também