MENU

Após goleada, Barcos diz que ainda precisa melhorar

Barcos diz que ainda precisa melhorar

Atualizado: Segunda-feira, 12 Março de 2012 as 8:58

O argentino Barcos segue sua boa série de gols pelo Palmeiras. Contratado recentemente pelo clube alviverde, o argentino já marcou sete gols e segue firma na busca pela artilharia doCampeonato Paulista. Neste domingo, o atacante deixou sua marca duas vezes nagoleada palmeirense sobre o Botafogo, em Ribeirão Preto. Apesar do sucesso, El Piratasegue com o discurso modesto.

"Ainda tenho muito o que melhorar. Estou perdendo bolas que normalmente não perco. Mas vou melhorando a cada jogo. Tenho de ajudar um pouco mais o time", disse o argentino, que, por enquanto, prefere não falar em título palmeirense no Estadual: "A vitória (de goleada sobre o Botafogo) nos dá muita cofiança. Estamos em bom caminho, mas ainda falta muito", resumiu.

O técnico Luiz Felipe Scolari se mostrou satisfeito e elogiou o desempenho do atacante em Ribeirão Preto. Barcos marcou o terceiro gol do time, após tabela entre Márcio Araújo, Juninho e Valdivia, e também o sexto, cobrando pênalti nos acréscimos. A penalidade, inclusive, teve o lateral direito Alessandro como goleiro, já que Juninho havia sido expulso.

"Com qualidade, ele aproveita as chances, se coloca muito bem. Mas hoje, ele teve a faclidade que, no primeiro gol, jogaram para ele praticamente dentro do gol e ele estava bem colocado e marcou. No segundo, foi de pênalti. Fez bem o seu trabalho e aproveitou as oportunidades, assim como outros que entraram no decorrer e fizeram um bom jogo também", disse Felipão.

Com a vitória sobre a equipe do interior, o Palmeiras chegou a 29 pontos voltou à vice-liderança do Campeonato Paulista, a apenas um ponto do Corinthians (que apenas empatou com o Guarani no último sábado). Na próxima rodada do Estadual, o Palmeiras recebe a Ponte Preta, no estádio do Pacaembu. A partida está marcada para sábado (dia 17), às 18h30 (horário de Brasília). Antes, na quarta-feira, a equipe alviverde joga pela Copa do Brasil, contra o Coruripe, em Maceió-AL

veja também