MENU

Após início ruim, Rubinho não pensa em saída da Williams: 'Vou reagir'

Após início ruim, Rubinho não pensa em saída da Williams: 'Vou reagir'

Atualizado: Segunda-feira, 23 Maio de 2011 as 2:59

Após um início de ano decepcionante em 2011, Rubens Barrichello acha que ainda é cedo para pensar em deixar a Williams. O brasileiro e a equipe inglesa ainda não marcaram pontos nesta temporada e o veterano chegou apenas em 17º no GP da Espanha, após um problema de câmbio no treino classificatório. Ele admitiu a frustração, mas reafirmou seu comprometimento.

- Ainda não estou avaliando o que fazer. No momento, estou frustrado porque estou pilotando o meu máximo e estou terminando em lugar nenhum. O carro não está bom. Mas ainda está muito cedo para pensar em ir embora. Pilotar um modelo ruim nunca é bom, mas tenho uma grande motivação para tentar mudar as coisas. Perguntei isso a Jackie Stewart antes da corrida. Poderia estar em casa com meus filhos, mas preciso disso. Preciso da adrenalina e vou reagir. Podem ter certeza de que vou, mas estou sofrendo no momento - diz à imprensa inglesa.

Apesar de início, Rubens Barrichello diz que vai reagir na temporada 2011 da Fórmula 1 (Foto: AFP)     Aniversariante desta segunda-feira, Barrichello voltou a dizer que a Williams sente falta de liderança. Ele espera que a chegada de Mike Coughlan, em junho, ajude a melhorar a situação.

- A equipe está passando por um período ruim e, neste momento, precisamos aguentar e criar um bom clima de trabalho.

Temos um pouco de individualismo aqui e ali, algumas opiniões diferentes. Precisamos apenas esperar a chegada de Mike Coughlan. Tomara que ele nos dê uma direção para desenvolver o carro tecnicamente. É fácil de encontrar culpados, mas isso não faz as coisas melhorarem. Temos de abraçar isso e correr contra o tempo.          

veja também