MENU

Após invasão, Corinthians diz não poder isolar mais CT

Após invasão, Corinthians diz não poder isolar mais CT

Atualizado: Sábado, 10 Setembro de 2011 as 9:17

A instalação de enormes placas brancas ao redor dos campos do Centro de Treinamento Joaquim Grava, uma das medidas adotadas pela diretoria corintiana para melhorar a segurança no local, não evitou a invasão de torcedores ocorrida na última terça-feira

O único local não "murado" está distante cerca de 100 m dos campos. Foi exatamente nesse ponto que os torcedores se concentraram durante o protesto.

Corinthians agora terá patrocínio de preservativo na camisa Alemães visitam o Itaquerão e elogiam transporte paulistano Leia mais sobre o Corinthians Mauro Horita - 06.set.2011/Agif/Folhapress Integrantes de torcida organizada invadem treino do Corinthians nesta terça-feira "Eles [os torcedores] invadiram por baixo da cerca, na entrada do CT. Ali não podemos instalar as placas por conta de uma regra do Parque Ecológico do Tietê [área verde ao lado do CT corintiano]", afirmou médico Joaquim Grava, que responde pelo Corinthians quando o assunto é o CT.

As placas, de 4,5 m de altura, foram instaladas pelo clube atrás dos campos --há cerca de dois meses. Segundo o Corinthians, a medida foi adotada para dar mais privacidade e segurança à comissão técnica e jogadores, além de possibilitar que o local seja explorado pelo marketing corintiano.

Na última terça-feira, dois dias após a derrota por 1 a 0 para o Coritiba, cerca de dez torcedores fizeram um protesto em frente ao CT corintiano. Eles pediam "raça" e a saída do meia Danilo.

Na ocasião, as novas placas até os deixaram distantes por um tempo, mas não evitaram que outros cinco homens invadissem o local com uma faixa reclamando dos valores dos ingressos e do desempenho do time. Eles foram contidos por seguranças e policiais militares.

Se não conseguiu impedir os invasores, a instalação as placas, porém, acabou afastando os torcedores do bairro que acompanhavam diariamente os treinos dos clubes atrás dos alambrados. As enormes barreiras brancas estão justamente onde o alambrado era mais próximo dos campos e impedem o contato visual de torcedores com o time.

Parte da última de etapa de obras no CT, as placas antecederam a entrega do restaurante e do hotel que serão instaladas no local. Segundo o clube, essas instalações serão entregues em novembro deste ano.

Agora, com as placas e sem arquibancadas, o clube não poderá contar com a presença da torcida em momentos decisivos, prática comum no antigo local de treinamento --o Parque São Jorge.

Antes da inauguração do CT ao lado do Parque Ecológico do Tietê, em setembro do ano passado, o Corinthians, tradicionalmente, abria os treinos para os torcedores aos sábados, já que o local tem arquibancadas.

veja também