MENU

Após passagem pelo futebol, Bebeto de Freitas volta a liderar time de vôlei

Após passagem pelo futebol, Bebeto de Freitas volta a liderar time de vôlei

Atualizado: Quinta-feira, 8 Julho de 2010 as 2:44

Bebeto de Freitas decidiu deixar o futebol e voltar às origens: o vôlei. Nesta quarta-feira, o ex-presidente do Botafogo assinou contrato e estará no comando do Halkbank Ankara, da Turquia, na próxima temporada.

O carioca, de 60 anos, tem um currículo extenso no vôlei. Foi um dos mais importantes jogadores do Alvinegro, tendo conquistado onze Campeonatos Cariocas  consecutivos (de 1965 até 1975), além de ter defendido a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Montreal, em 1976.

Como técnico, dirigiu o time da consagrada "Geração de Prata" do vôlei brasileiro nas Olimpíadas de Los Angeles, em 1984. À frente da seleção italiana, entre os anos de 1995 a 1998, sagrou-se campeão mundial.

Sua passagem pelo futebol foi longa e terminou de maneira polêmica. Em 2001, assumiu o cargo de diretor de futebol do Atlético Mineiro, mas foi no ano seguinte que realizou o sonho de trabalhar no Botafogo, seu time do coração. Começou também na função de diretor, mas em 2003 foi eleito presidente. No fim deste ano, levou o time de volta à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Seu único titulo como cartola do Glorioso foi o Carioca de 2006.

No Brasileirão, conseguiu montar times competitivos nos anos de 2007 e 2008. Uma semana antes do fim do seu segundo mandato, em dezembro de 2008, renunciou para reassumir o comando do futebol do Atlético Mineiro. Deixou o Botafogo com 4 meses de salários atrasados de jogadores e funcionários. Seu retorno ao clube mineiro, no entanto, foi breve. Em agosto de 2009, pediu demissão alegando questões pessoais.

Recentemente, uma auditoria feita a pedido do Conselho Deliberativo do Botafogo apontou o sumiço de R$1,5 milhões na gestão de Bebeto de Freitas.

veja também