MENU

Após rebaixamento, torcedores protestam em CT do Sampdoria

Após rebaixamento, torcedores protestam em CT do Sampdoria

Atualizado: Quarta-feira, 18 Maio de 2011 as 10:24

Rebaixado com uma rodada de antecedência para a segundona italiana, o Sampdoria viveu momentos de tensão na manhã desta quarta-feira. Um grupo de fãs revoltados com a queda foi até o CT do clube para cobrar os jogadores, a comissão técnica e a diretoria.

O treinador Alberto Cavasin, que chegou ao time na segunda metada do Campeonato Italiano para substituir Mimmo Di Carlo, recebeu ofensas verbais dos torcedores. O goleiro Gianluca Curci e o atacante Massimo Maccarone foram outros dois perseguidos. Não houve registros de agressões físicas.

Técnico conversa com jogadores do Sampdoria em treinamento que terminaria com confusão em Genoa (Foto: Reprodução Corriere dello Sport)

Um dos poucos atletas poupados foi o atacante Angelo Palombo, que chorou no campo após a confirmação do rebaixamento, depois do apito final da derrota por 2 a 1 para o Palermo. Os torcedores, inclusive, pediram que ele seja mantido na equipe. O Sampdoria é o 18º colocado, com 36 pontos, e joga contra o Roma, fora de casa, no domingo, às 15h45m (de Brasília), mas não pode ultrapassar o 17º colocado.        

veja também